O baterista, Spencer Smith, do Panic! at The Disco, postou em seu blog a sua luta contra a dependência química durante os últimos quatro anos.

Spencer contou que nunca havia bebido ou experimentado drogas até os seus 19 anos de idade, quando pela primeira vez fumou maconha. A rotina de turnês e festas que a banda levava, fez com que o músico mantivesse a dependência por álcool e além da ansiedade e depressão que colaboraram para um quadro abusivo de uso de drogas e bebidas alcoólicas.

Dois anos atrás começou a tomar Vicodin e Frontal todos os dias, para quem não sabe, o primeiro medicamento é a base de ópio e o segundo um poderoso relaxante muscular, ambos servem para tratamentos de dor crônica, e ansiedade.

Era uma mistura inebriante. Na época, eu sinceramente pensei que tinha descoberto tudo. Que eu poderia auto medicar minha maneira de estar sempre feliz e nunca ter que lidar com quaisquer problemas subjacentes que causam a minha depressão. Eu rapidamente me tornei um viciado sério. Tão louco quanto parece-me agora, quando eu estava alto, eu me sentia como a pessoa que eu queria ser. Eu mesmo gostava, e eu pensei que todo mundo deve gostar mais de mim assim também. Eu havia me tornado tão acostumado a funcionar quando eu estava bebendo e tomando pílulas que, em minha mente, todos os outros devem pensar que eu estava, não apenas “normal”, mas feliz!”, afirmou Spencer em um dos trechos do texto.

E o vício em álcool e medicamentos controlados foi tomando conta pouco a pouco da vida de Spencer até que no outono passado, ele entrou definitivamente em tratamento, “eu tive muita sorte de ter o apoio da minha família, colegas, amigos e minha namorada. Eu conheci muitas pessoas que perderam tudo e queimei todas as pontes que eles têm devido ao seu vício. Eu posso honestamente dizer que, sem o amor e o apoio de pessoas mais próximas a mim, eu não estaria aqui, sóbrio e capaz de escrever isto hoje.”. Spencer escreveu o texto na intenção de ser honesto não só consigo mesmo mas com todos ao seu redor e principalmente com seus fãs, além de servir de alerta para quem sofre de depressão, ansiedade e dependência química

O músico conclui falando que todos podem se recuperar e que está ansioso para ver os fãs na nova turnê do Panic! At The Disco, que está programando para o dia 8 de outubro lançar seu quarto álbum “Too Weird To Live, Too Rare To Die!”. Confira o clipe de “Miss Jackson”, o primeiro single do novo trabalho dos caras:

- PUBLICIDADE -