Foto: Reprodução/Facebook

Em uma entrevista publicada no Estadão nesta segunda-feira (04), o Marcelo D2 falou de sua relação com política e contou de ameaças que sofre diariamente.

Durante a última eleição presidencial, seu engajamento nas redes sociais, principalmente, o Twitter aumentou. Ele falou sobre os comentários negativos que passou a receber por causa disso.  “Cara, sou ameaçado todos os dias. Recebo de 3 a 4 ameaças de morte por semana, tá ligado? Mas tem muito falácia de internet também. Eu não tenho medo. Vou citar o Marcelo Yuka de novo: “paz sem voz não é paz, é medo””, disse ele relembrando o criador do grupo O Rappa que faleceu recentemente.

Além de sua relação com a política, D2 também comentou a respeito do último álbum “Amar É Para Os Fortes” e a reação até o momento. “Cara, eu estou achando ótimo, porque ganhamos alguns prêmios importantes. Por exemplo, o APCA de melhor artista no ano passado. Tenho a sensação de que é um disco mais maduro, porque quis fazer algo realmente à frente da minha carreira”.

E é justamente com este álbum que o rapper vai se apresentar em São Paulo para uma turnê de divulgação. O show acontece em março e os ingressos já estão à venda, confira mais detalhes aqui.

Deixe seu comentário no final dessa publicação, marque seus amigos que também curtem Marcelo D2, acompanhe a nossa agenda de shows e a Nação da Música através do Twitter, Facebook, Instagram e Spotify. Muito obrigado pela visita e por ler essa matéria!