Entenda todos os capítulos da “novela” Fifth Harmony x Camila Cabello

Na última segunda-feira (19), foi anunciado o “desligamento” da integrante Camila Cabello da girlband Fifth Harmony. Desde então muitos episódios, novidades, boatos e principalmente, pronunciamentos, foram feitos pelos dois lados, deixando todo mundo bem confuso.

O Nação da Música resolveu reunir tudo o que aconteceu por enquanto sobre essa “treta”, para clarear a mente e você entender tudo o que rolou nessa semana envolvendo o grupo.

Podemos começar pelo último show das cinco meninas, que aconteceu no Y100’ Jingle Ball 2016, nos Estados Unidos, no domingo (18). Até então a notícia “bombástica” do momento era relacionado a integrante Lauren. O resto estava tudo em ordem, os fãs aguardando novidades sobre o próximo álbum e outros trabalhos.

Na segunda-feira (19) veio à bomba! Através de um comunicado postado no Twitter oficial do Fifth Harmony, assinado por Ally, Dinah, Lauren e Normani, foi anunciado que Camila havia decidido deixar o grupo:

Depois de quatro anos e meio estando juntas, nós fomos informadas via seus representantes que Camila decidiu deixar o Fifth Harmony. Nós desejamos o melhor para ela.(…)Nós estamos animadas sobre o nosso futuro e nós não podemos esperar para o que o novo ano trará. Harmonizers, nós estamos nisso juntos. Nós amamos vocês do fundo do nossos corações”. Confira na íntegra abaixo:

Logo após o comunicado, foi divulgado um áudio de uma suposta conversa entre as integrantes Lauren e Ally, onde a primeira aparece dizendo que elas estavam sendo tratadas como “escravas” e que apesar de seus esforços, não havia resultados. Nenhum posicionamento oficial sobre isso foi feito.

Após a notícia, todo mundo estava esperando a versão da colombiana sobre sua saída inesperada, e quando essa veio mostrou que a surpresa foi dela também! Camila se pronunciou na própria segunda-feira (19), ao final da noite:

Eu fique chocada ao ler o anúncio na conta do Fifth Harmony sem o meu consentimento. As garotas sabiam como eu me sentia por muito tempo, tivemos muitas conversas necessárias sobre o futuro durante a turnê. Dizer que elas foram apenas informadas por meus representantes que eu estava ‘deixando o grupo’ simplesmente não é verdade. Como as outras meninas disseram sobre os planos delas, eu também planejei continuar com meus projetos solo no novo ano mas não tinha a intenção de terminar as coisas com o Fifth Harmony dessa forma”. Confira na íntegra abaixo:

Apesar da confusão, todo mundo achou que era isso, os dois lados falaram e agora cada um seguiria seu caminho. O que ninguém esperava era outro pronunciamento do Fifth Harmony, em resposta ao post da Camila e contradizendo a versão dela, que foi publicado na terça-feira (20):

“Para os nossos Harmonizers – Nós sabemos que vocês estão magoados e confusos, nós também estamos. Nós sabemos que vocês querem respostas. E vocês merecem elas, como vocês são tão parte desse grupo como nós quatro somos. (..) Nós últimos meses nós fizemos todos os esforços, consistentemente, para sentarmos e discutir o futuro do Fifth Harmony com a Camila. Nós passamos o último ano e meio (desde o início dos projetos solos dela) tentando comunicar com ela e sua equipe sobre todos os motivos que sentíamos que o Fifth Harmony merecia pelo menos mais um álbum do tempo dela, devido o sucesso do último ano em que trabalhamos tanto. Nós chamamos para encontros em grupo, dos quais ela recusou, nós pedidos ao LA Reid e a gravadora para interferirem e tentarem  organizar as reuniões, dos quais novamente, ela recusou. Nós até chegamos a ir ao aconselhamento de grupos, e ela não apareceu. Então não, após meses de rejeição dela e de sua equipe, essas supostas conversas legais de fato não aconteceram, mesmo que tenhamos planejado”. Confira na íntegra abaixo:

O restante da terça e a quarta-feira (21) passaram tranquilos, movimentado apenas pelo posicionamento de Shawn Mendes e Machine Gun Kelly, parcerias dos projetos solos de Camila, que apoiaram a companheira em sua decisão.

Já na quinta-feira (22) mais um capítulo foi adicionado. A revista Billboard publicou uma matéria falando sobre todo o “caso”, dizendo que as relações dentro do grupo já estavam tensas desde que Camila começou a ganhar destaque com seus projetos solos. Entre outras “novidades”, a reportagem fala ainda sobre a equipe de Cabello ter sugerido que o grupo entrasse em hiatus, o que as demais integrantes não aceitaram, sobre o envolvimento do Simon Cowen para tentar manter o grupo unido, e que a gravadora das próprias  já estava planejando o álbum solo da ex-5H.

Segundo a publicação, o disco estava sendo preparado durante parte desse ano e contando com grandes nomes como Diplo e Benny Blanco, entre outros; agendando sessões de gravação para janeiro de 2017, com previsão de lançamento do primeiro single para março/abril, e o álbum entre junho e agosto do mesmo ano.

A revista confirmou ainda que, segundo uma fonte, Camila não estava mesmo ciente do anúncio publicado pelo grupo sobre sua saída.

Por enquanto, esses são todos os capítulos que temos sobre a semana movimentada dos Harmonizers, que agora estão tentando lidar com a situação e imaginar como será a girlband daqui pra frente. Já está até rolando na internet algumas versões dos hits do grupo sem a voz de Camila, que você pode conferir no final do post.

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte o Fifth Harmony e a Camila Cabello, e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter,  Spotify e Instagram. Confira a versão de “That’s My Girl” sem os vocais da Camila:

VIABillboard
COMPARTILHAR
Juliana Izaias
Prefere ser chamada de Ju, estudante de jornalismo, apaixonada por música e emoções. Gosta de conhecer lugares e pessoas incríveis.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!