“Eu só quero ser amada”: Katy Perry abre seu coração durante terapia

Katy Perry fez uma transmissão ao vivo por 4 dias de sua vida para promover seu novo álbum “Witness”, lançado na última sexta-feira (09), e durante uma sessão de terapia abriu seu coração sobre sua saúde mental.

O Doutor Siri Sat Nam Singh conduziu o encontro e fez o possível para que Katy se sentisse confortável, dizendo para que ela abandonasse o alter-ego por um momento e fosse Katheryn, quando a cantora relaxou, aparentando estar mais calma.

“Eu quero tanto ser Katheryn Hudson que eu não quero mais parecer com a Katy Perry, algumas vezes”, declarou a cantora ao falar um pouco sobre o que a motivou a cortar seu cabelo e mudar seu visual.

Katy contou que gosta de ser uma inspiração para as pessoas, mostrando que ela é exatamente como seus fãs para que estes sonhem tão alto quanto ela. Durante a sessão, ela também falou sobre o fato de ter tido pensamentos suicidas e depressão há alguns anos.

Ela escreveu uma faixa para expressar tudo o que estava passando e processar esses sentimentos. “By The Grace of God” está no seu álbum “Prism”, lançado em 2013, e fala sobre se reerguer fisicamente com ajuda espiritual e de amigos próximos.

“Eu me sinto envergonhada por ter tido esses pensamentos, me sentido tão pra baixo e tão deprimida”, declarou. “Eu só quero ser amada”, finalizou a cantora.

Na transmissão além dessa emotiva sessão de terapia, os fãs puderam ver Katy fazendo yoga, dormindo e encontrando convidados, como o chef britânico Gordon Ramsay.

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte o Katy Perry, e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram. Confira:

COMPARTILHAR

DEIXE SEU COMENTÁRIO!