Fãs são pisoteados e show do System Of A Down é interrompido diversas vezes

system soad

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

No último sábado (13), o System Of A Down foi atração principal no Riotfestival em Chicago. Contudo, a apresentação da banda teve de ser interrompida diversas vezes devido à confusão gerada com o público. Alguns fãs foram pisoteados, e, se não fosse o auxílio dos seguranças, muitos podiam ter morrido – conforme declaração do fã Steve Schneider.

- ANUNCIE AQUI -

Steve Schneider publicou um relato pessoal, no site Wrestlezone.com, informando os fatos que ocorreram durante o show do dia 13 de setembro em Chicago. “Eu cai durante o show do System of a Down, então alguém caiu em cima de mim e eu não conseguia respirar. Quando essa pessoa se levantava, outra caia em cima de mim. Isso nunca terminava. Em um certo ponto eu tinha alguém em cima de mim e em minha volta, e alguém sentado ou em pé na minha cabeça, empurrando o meu rosto para baixo na lama”.

- ANUNCIE AQUI -

Ainda conforme o relato, Schneider desmaiou diversas vezes por falta de ar, pois tinha de se esforçar para não respirar água barrenta. Ele foi salvo pelos seguranças e paramédicos que atenderam durante a interrupção do show. O vocalista Serj Tankian disse do palco: “É extremamente difícil de cantar quando há pessoas que parecem que estão morrendo bem na minha frente”.

- ANUNCIE AQUI -

O System Of A Down é aguardado para se apresentar no Rock in Rio. Eles são o show principal da noite de 24 de setembro, no Palco Mundo. Inclusive a Nação da Música preparou um especial de aquecimento para essa noite – veja aqui.

Não deixe de curtir a nossa página no Facebook, e acompanhar as novidades do System Of A Down da Nação da Música.

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

João Pietro: Jornalista, gaúcho e admirador da música em todas as suas vertentes. Apaixonado pela cultura e suas diversas formas de se manifestar, entende que ela é transformadora. Não dispensa um café forte, imagina que se sai bem no improviso e valoriza as relações interpessoais. Também gosta de tocar violão, admira o amor e busca ser otimista.