Phil Rudd, Baterista do AC/DC, é novamente condenado a prisão

ACDCPhil Rudd, baterista do AC/DC, foi levado à prisão mais uma vez no último domingo (19) em Nova Zelândia. A notícia chega através do site da revista americana Billboard.

Segundo a publicação, Rudd é esperado no tribunal na segunda-feira (20), para um pedido de fiança. Tanto a policia, como seu advogado, se recusaram a contar qual foi natureza da prisão. O que nós já sabemos até o momento é que o baterista estava sentenciado à oito meses de prisão domiciliar, devido à acusações de ameças de morte à um antigo empregado e por posse de drogas. Rudd teria oferecido 200 mil dólares neo-zelandês, um carro e até uma casa para um associado realizar o crime.

Durante a prisão domiciliar, o baterista não poderia utilizar de nenhum tipo de droga ou cometer ações consideradas ilícitas. Segundo rumores, Phill estava na companhia de prostitutas quando a policia chegou. Quem o substitui atualmente durante a turnê do AC/DC é Chris Slade, que já havia feito parte da banda em 1989.

Não deixe de curtir a nossa página no Facebook, e acompanhar as novidades do AC/DC e da Nação da Música.

COMPARTILHAR

DEIXE SEU COMENTÁRIO!