Pitty lança livro fotográfico sobre sua carreira

- PUBLICIDADE -

Na sexta-feira (15), Priscilla Novaes Leone, mais conhecida como Pitty, anunciou no seu twitter o lançamento de seu livro “Pitty – Cronografia: Uma Trajetória Em Fotos”, no qual poderemos ver fotos de toda a carreira da cantora. A obra mostra fases de Pitty desde a sua infância, passa por sua adolescência, que foi quando iniciou sua vida na música, e até pelo projeto paralelo “Agridoce”. O livro conta também com textos sobre histórias e momentos marcantes escritos pela própria Pitty.

O projeto conta com a participação de nomes como Caroline Bittencourt, Otavio Sousa, Rui Mendes, Sora Maia, Jorge Bispo e outros fotógrafos. “É como se fosse ‘uma estrelinha dourada’ que eu ganhei pelo tanto que eu me dediquei. Acho que vai ser uma das formas de mostrar a minha evolução e o quanto eu realmente amo o que faço”, disse Patrícia Devoraes, uma das fotógrafas colaboradoras deste projeto. Depois que começou a faculdade de fotografia, Paty focava seu trabalho nos shows da Pitty, pois era algo que ela curtia muito e fotografar nessa área é o que mais gosta de fazer. “Na verdade, nessa época ela já não estava mais com o rock. Era tudo com o projeto paralelo ‘Agridoce’. Foi um exercício intenso em dois anos. Eu procurava explorar as luzes, o telão, o jeito em que ela se portava no piano – que era uma coisa bem mais delicada do que quando estava com a guitarra – a interação dela com alguns outros instrumentos que faziam parte do cenário. Enfim, eu queria mostrar nas fotos como era mais ‘doce’ o Agridoce. E por ir em todos os shows, acabei com um portfólio muito grande desse projeto paralelo. Pela Pitty saber da quantidade de fotos que eu e minha amiga Giovanna tínhamos, nos convidou pra fazer parte do livro. Foi uma grande surpresa pra mim, nem tem como explicar como eu fiquei porque é incrível um reconhecimento tão grande de uma pessoa que você admira, sabe? É como se tudo o que eu lutei por muito tempo, tivesse se concretizado da melhor e maior maneira possível”, revela.

A fotógrafa diz que foram cinco meses até a finalização do livro, e nesse tempo mudaram as fotos algumas vezes para chegar nas que se adequassem melhor ao tema proposto.  “Fechamos em 3 fotos minhas dessa época do Agridoce. Profissionalmente é um salto enorme. Nessa área as coisas são bem complicadas, exige muito estudo, mas muita gente fica naquela de ”apertar um botão e só”. A desvalorização existe pelo fato de comprar uma câmera hoje ser algo bem mais acessível. Então o esforço em mostrar o diferencial é alto. E depois desse tempo, fazer parte de algo grande em termos fotográficos, é de muita responsabilidade.

O lançamento de “Cronografia” será no dia 10 de setembro, mas já está disponível para pré-venda exclusiva na Saraiva.

- PUBLICIDADE -