Produção de Criolo explica o mal-entendido que ocorreu no show do Circuito Banco do Brasil

A produção do rapper Criolo, em comunicado através da página oficial do músico no Facebook no domingo (15), explicou o mal entendido que houve no Circuito Banco do Brasil, que ocorreu no sábado (14), e teve shows de Paralamas do Sucesso, Capital Inicial, Jason Mraz, Marcelo Jeneci, BlackPipe que ganhou o concurso “sompara todos”, e ainda da cena eletrônica Mync e Mário Fischetti.

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

Criolo estava executando a sua última música da apresentação e não fora avisado pela produção do shows que Stevie Wonder já havia subido ao palco principal para realizar a sua performance, criando um conflito entre os sons de ambas as apresentações.

- ANUNCIE AQUI -

Em publicação do jornal Estado de S. Paulo, o jornalista Julio Maria afirma ter consultado a assessoria do evento e ter sido informado que Criolo prolongou o show sem avisar. A assessoria do cantor negou veementemente essa possibilidade, sendo que a assessoria do evento informou ao rapper que “Stevie Wonder subiu ao palco adiantado, e por isso os shows bateram.”.

- ANUNCIE AQUI -

Para ler o comunicado na íntegra, clique aqui.

- ANUNCIE AQUI -

E por fim, a nota deixa claro que tudo não passou de um grande mal-entendido, no qual Criolo e sua equipe não tiveram a intenção de prejudicar a apresentação de nenhum dos artistas, “muito menos de uma lenda como o Stevie Wonder.” .

Abaixo você pode dar o play e curtir a música “Bogotá” do rapper:

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.