SCORPIONS solta o intenso novo single “Rock Believer”

Scorpions
Foto: @RafaelStrabelli / Nação da Música
- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

Formada em 1965, a banda alemã de rock SCORPIONS já é um marco clássico do gênero na cultura popular e estará voltando com um novo álbum no fim de fevereiro deste ano, 2022. Nesta sexta-feira (14), como parte da promoção do disco, o conjunto lançou o single “Rock Believer”, que fará parte do projeto de mesmo nome.

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

Em novembro de 2021, a banda soltou o primeiro single do novo disco, que vem após um hiatus de 7 anos entre álbuns, chamado “Peacemaker”, como você pôde acompanhar aqui na Nação da Música. O novo single segue a mesma atmosfera, o rock pelo qual a banda já é conhecida e muito amada.

- ANUNCIE AQUI -

O álbum “Rock Believer” será o lançamento número 19 dos SCORPIONS e representa o primeiro projeto com o novo baterista, Mikkey Dee, que entrou no grupo em 2016 após a saída do artista James Kottak.

- ANUNCIE AQUI -

No player ao fim desta matéria, você pode ouvir “Rock Believer” ou clicar aqui para escutar a faixa em sua plataforma de streaming favorita.

- ANUNCIE AQUI -

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam SCORPIONS, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -
Estudante de jornalismo, não-binárie e apaixonade por música. Sempre aberte para ouvir qualquer gênero, artista ou década. O universo do pop, principalmente hyperpop, k-pop e synthpop, é onde eu vivo e sobrevivo.