Segundo Lily Allen, feminismo não deveria ser um assunto a ser tratado nos dias de hoje

Lily Allen disse que feminismo não deveria nem mesmo ser um assunto a ser tratado nos dias atuais, afirmando que todos são iguais no mundo moderno. A cantora fez tais comentários como editora convidada da revista masculina Shortlist.

Feminismo. Odeio essa palavra, ela nem deveria de existir mais“, disse a cantora.”Somos todos iguais, todos são iguais. Porque é que existe mesmo uma conversa sobre o feminismo?”. Segunda a britânica, ainda, as mulheres seriam o maior inimigo umas das outras, por competirem entre si: “Não acho que os homens são o inimigo. Eu acho que as mulheres são o inimigo. Eu sei que quando eu estou sentada em um restaurante e uma mulher muito bonita e magra entra, eu instintivamente penso:’Oh, ela é tão magra e linda e eu estou tão gorda e feia‘.”

- ANUNCIE AQUI -

Allen, que ganhou recentemente o prêmio de melhor artista solo no NME Awards lançará seu novo álbum, Yeezus, ainda esse ano. Até agora a cantora lançou dois singles desse disco: Hard Out Here e Air Balloon.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -
Maria Vitória Zeni
Maria Vitória Zeni
Maria Vitória: Estudante de Publicidade e Propaganda, pseudo pianista e cantora de Karaokê. Ouve música quase o tempo todo ( às vezes até quando está dormindo), ama escrever e encontrou no Nação da Música uma maneira de unir as duas coisas. Viciada em café, gosta de reality shows musicais, livros, pensar sobre a vida olhando na janela do ônibus e não é muito boa nessa coisa de se auto-descrever.