Chegamos à terceira parte do especial do Slipknot aqui na Nação da Música. Nesta publicação, apresentaremos um pouco das turnês realizadas pelo grupo ao longo de sua carreira de cinco discos. Além de conhecer um pouco mais sobre alguns festivais que foram importantes para a construção da fama dos mascarados de Iowa.

A primeira turnê mundial própria do Slipknot foi a “World Domination Tour”, nome propício para a proposta do grupo na época. Os shows realizaram-se entre 1999 e 2000 e passaram por Europa e Estados Unidos. A tour foi feita para a divulgação de “Slipknot”, álbum de lançamento do grupo, e foi responsável por aumentar a popularidade da banda.

No mesmo período, o Slipknot participou de outras turnês/festivais, sem ser a atração principal, mas que engrandecem o seu currículo. Entre esses eventos, destaque para a edição de 1999 Ozzfest, festival criado por Ozzy Osbourne e que reuniu diversos nomes da música pesada. Nesta época o grupo ainda participou da Livin La Vida Loco Tour, realizada pela gravadora Roadrunner Records, que tinha como atração principal o Coal Chamber.

Em 2001 o grupo retornou aos palcos, acompanhando o lançamento do seu segundo álbum com uma turnê mundial. A “Iowa World Tour” repetiu o sucesso de sua antecessora, além de levar o Slipknot a novos países em território Europeu. A tour também foi responsável pela primeira apresentação do grupo no Japão, com 8 apresentações na Terra do Sol Nascente.

Durante a tour do álbum “Iowa”, além do Slipknot confirmar-se como um dos grupos com uma das mais marcantes performances ao vivo, reforçando sua popularidade com apresentações em importantes festivais europeus, a banda também participou da “The Pledge Of Allegiance”, uma tour conjunta ao lado do System Of a Down.

Após mais um capítulo de hiato em sua carreira, o Slipknot lançou em maio de 2004 “Vol. 3: (The Subliminal Verses)”, e caiu na estrada com uma turnê, tão marcante quanto o disco. Durante os anos de 2004 e 2005 o grupo divulgou o novo material em festivais importantes ao redor do mundo, além de bem sucedidas pernas da tour por Europa, Estados Unidos e no seu retorno à Ásia, com passagens por Japão, Coréia do Sul e Singapura.

- PUBLICIDADE -

Foi durante a “The Subliminal Verses World Tour” que o Slipknot passou pela primeira vez pela América Latina. Além de duas apresentações no Brasil, em São Paulo e Rio de Janeiro, o grupo passou também por Colômbia, Venezuela, Chile e Argentina em setembro de 2005.

Uma das maiores tours do Slipknot começou em Julho de 2008, acompanhando o lançamento do álbum “All Hope Is Gone”. Com um total de 153 apresentações, a turnê começou no Mayhem Festival daquele ano. O festival, que contou com 30 apresentações nos Estados Unidos e Canadá, contou ainda com artistas como Disturbed, Mastodon e Underoath.

Na sequência a banda seguiu seu calendário clássico, e passou por diversos países do mundo com as performances de seu novo disco. Porém, antes disso, o grupo ainda teve que lidar com o cancelamento de algumas apresentações na Europa, devido à uma lesão no tornozelo do bateria Joey Jordison.

Com o falecimento do baixista Paul Gray, em maio de 2010, o Slipknot demorou um pouco mais a voltar aos palcos. Mas entre junho de 2011 e agosto de 2012 a banda voltou a ativa com a “Memorial World Tour” que, como o próprio nome deixa claro, tem o objetivo de homenagear a trajetória de Paul ao lado do grupo.

- PUBLICIDADE -

Entre diversas performances marcantes, e sempre marcadas pela emoção e culto ao amigo que partiu, destaca-se uma show épico do grupo em seu retorno ao Brasil. Na edição de 2011 do Rock In Rio, o Slipknot foi uma das atrações mais esperadas, e que mais chamou atenção por sua arrebatadora apresentação e capacidade de cativar o público.

Em 2012 o Slipknot também escreveu um importante capítulo na sua história. Foi em agosto daquele ano que a banda lançou o Knotfest, um festival criado pelo grupo e que visa ser uma celebração a todos os fãs. A primeira edição do evento contou, além do próprio Slipknot, com outros artistas importantes, como Deftones e Lamb Of God. Desde então, o festival tem edições anuais.

Em 2014, a banda caiu na estrada com a “Prepare for Hell Tour”, para divulgar “5. The Gray Chapter”, quinto disco de sua carreira. A tour também marca o retorno do Slipknot ao Brasil para, mais uma vez, apresentar-se no Rock In Rio. O grupo sobe ao Palco Mundo no dia 25 de setembro.