Birdy lança vídeo nostálgico e melancólico para “Evergreen”

Birdy
Foto: Divulgação
- ANUNCIE AQUI -
Lubeka

Na sexta-feira (17), a cantora americana Birdy lançou mais um videoclipe para uma das faixas de seu álbum “Young Heart”, dessa vez “Evergreen” – a décima segunda faixa do disco.

- ANUNCIE AQUI -
Lubeka

Anunciado em seu Twitter, junto de um convite para seus fãs a acompanharem e assistirem o teaser juntos, o vídeo vem depois do lyric de “Deepest Lonely”, lançado no dia 13 de agosto, sobre o qual você pode ler aqui na Nação da Música.

- ANUNCIE AQUI -

Contando com gravações caseiras de viagens, Birdy sentada em seu estúdio e vistas pitorescas, o clipe de “Evergreen”, dirigido por Lotta Boaman, acompanha a aura acústica da música – que contém versos muito tocantes, como “Com seus olhos, ele fala comigo silenciosamente / Ninguém conhece o meu amor / Ninguém conhece além de nós”. Também se encaixa bem, esteticamente, com os videoclipes lançados anteriormente, conectando essa era da cantora.

- ANUNCIE AQUI -

O álbum Young Heart é o quarto disco de estúdio de Birdy e foi lançado cinco anos após “Beautiful Lies”, o último projeto da artista, como você pôde acompanhar aqui na NM. No player ao fim dessa matéria, você confere o vídeo da faixa “Evergreen” de Birdy.

- ANUNCIE AQUI -

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Birdy, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram.

- ANUNCIE AQUI -
Estudante de jornalismo, não-binárie e apaixonade por música. Sempre aberte para ouvir qualquer gênero, artista ou década. O universo do pop, principalmente hyperpop, k-pop e synthpop, é onde eu vivo e sobrevivo.