Chegou a hora de mudar mais um pouco o rumo dos meus discos nessa semana, e falar sobre uma banda que ganhou o coração de muita gente no último ano com o seu álbum de estreia, no caso, o disco que nós falaremos hoje.

Eu estou falando sobre “Don’t Kill The Magic” da banda Magic! O grupo que mescla reggae – sua principal influência, com pop e rock, e com seu primeiro single debutaram em sexto lugar no Top 100 de músicas do Canadá e passaram algumas semanas no topo das paradas norte-americanas.

Quando falamos sobre Magic! não estamos falando sobre um grupo de iniciantes. Nasri Atweh, vocalista e guitarrista da banda, já trabalhou como produtor e compositor de grandes nomes. Durante o ano de 2014, inclusive, o grupo teve momentos marcantes em sua carreira, além do seu debut. A banda fez uma participação na música “Cut Me Deep”, presente no último álbum da Shakira, e também tiveram a faixa “This Is Our Time (Agora é Nossa Hora)” na trilha sonora oficial da Copa do Mundo do Brasil.

“Don’t Kill The Magic” é aquele disco gostoso de ouvir nas férias, para relaxar, dançar e se divertir. Possui músicas marcantes e outras grudentas, que depois de serem ouvidas uma única vez, ficaram em sua cabeça por uma semana, no mínimo.

Melhor música: Não tenho dúvidas em dizer que “Rude” não só é a melhor música do álbum, como uma das minhas favoritas de 2014.

Ponto Forte: Entre as 11 músicas do álbum, podemos tirar bons singles, que renderam lugares nas paradas musicais e são agradáveis de serem escutadas. E apesar do título do disco ser um pouco “brega”, a faixa que o intitula também pode ser considerada uma das melhores do CD.

- PUBLICIDADE -

Ponto Fraco: Como eu disse, o álbum possui músicas marcantes, mas outras são facilmente esquecidas, simplesmente pelo álbum, em alguns momentos, cair em um estilo pop genérico sem grandes destaques. Além disso, as letras são bem rasas, nada muito profundo.

Não deixe de curtir a nossa página no Facebook, e acompanhar as novidades da Nação da Música. Ouça “Don’t Kill The Magic”: