Em clima de inverno: confira 12 músicas que trazem o frio em sua produção

marilyn manson

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

No último domingo (21) demos as boas vindas ao inverno, a estação mais fria do ano. Para entrarmos no clima gelado e psicologicamente mais íntimo desse período, o Nação da Música preparou uma matéria especial. Separamos algumas faixas e videoclipes que trazem o frio em sua produção – verbal e visualmente falando.

- ANUNCIE AQUI -

Muitas vezes a referência ao frio tende a trazer um aspecto mais emocional e fechado da canção, talvez até mais sombrio e até triste. Confira abaixo 12 clipes e músicas que têm esse clima e a estação como inspiração:

- ANUNCIE AQUI -

#”King Nothing” – Metallica

- ANUNCIE AQUI -

Destronado. É esse o sentimento da canção “King Nothing” do Metallica. A música faz parte do álbum “Load”, de 1996, e seu clipe utiliza da neve para reforçar a ideia íntima e (auto)reflexiva da letra. No entanto, o vídeo ainda apresenta um contraponto, quando a banda faz sua performance próximo do fogo, como uma luta e crítica ao “rei” da música. “Cadê sua coroa? Rei nada”.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -

#”White Winter Hymnal” – Fleet Foxes

A música “White Winter Hymnal” é o single de estreia da banda Fleet Foxes, pertencente ao álbum homônimo lançado em 2008. O inverno está presente no título da canção, como também em sua letra, trazendo elementos como cachecóis, casacos e a neve. “White Winter Hymnal” também segue a linha íntima das canções ligadas ao clima.

- PUBLICIDADE -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

#The Nobodies – Marilyn Manson

- ANUNCIE AQUI -

O ponto depressivo que o inverno pode representar está aparente na crise de existencialismo de Marilyn Manson, na música “The Nobodies”. “The Nobodies” faz parte do quarto álbum de Manson, “Holy Wood (In the Shadow of the Valley of Death)” de 2001. O clipe se passa em um ambiente gelado, e a sonoridade da canção segue essa linha.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -

#”The Winter” – Cake

A banda Cake fala sobre o vazio na canção “The Winter”. A música faz parte do disco “Showroom of Compassion”, lançado em 2011. O clipe é formado por tomadas de várias pessoas – provavelmente fãs – em locais diferentes. E apesar de unir várias imagens, a ideia de vazio continua já que cada tomada é filmada pelos participantes do vídeo sozinhos em ambientes diferentes.

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

#”Without You” – Van Halen

- ANUNCIE AQUI -

A ideia de vazio também está presente na música do Van Halen, “Without You”. E apesar de não apresentar sua referência ao inverno na letra – como é o caso objetivo do Cake, o videoclipe é filmado na neve. “Without You” é uma das 12 faixas do 11º disco da banda, “Van Halen III” (1998).

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -
- ANUNCIE AQUI -

#”Winter Winds” – Mumford & Sons

“Winter Winds” da banda de rock britânica Mumford & Sons já tem uma melodia mais animada do que as demais canções. No entanto, ela ainda tem uma essência intimista e bastante sentimental. A música está presente no disco “Sigh No More” de 2009, o primeiro da banda.

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

#”A Beautiful Lie” – 30 Seconds To Mars

- PUBLICIDADE -

A música “A Beautiful Lie” promove a auto-reflexão. O clipe é gravado na Groelândia, na ponta de um iceberg, e trabalha um discurso de preservação ao meio ambiente, representado na letra da música e na escolha das imagens. “A Beautiful Lie” é a canção que intitula o segundo álbum do 30 Seconds To Mars de 2005.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

#”My Love Is A Winter” – The Smashing Pumpkins

Unir o amor ao inverno é bem presente nas composições. E mesmo o Smashing Pumpkins tendo declarado seu amor à estação, a banda mantém a tristeza em sua letra: “Meu amor é o inverno, meu amor está perdido”. “My Love Is A Winter” está no álbum “Oceania”, de 2012.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

#”The World We Live In” – The Killers

“The World We Live In” está presente no disco “Day & Age” de 2008. Essa é outra canção que trabalha a crítica ao momento atual do mundo, além da solidão e a reflexão. “The World We Live In” não fala sobre o inverno em sua letra, mas se utiliza da neve e frio para reforçar sua essência íntima no clipe.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

#”Colder Weather” – Zac Brown Band

O cantor de country rock Zac Brown Band tem uma pegada diversificada e traz o frio tanto no clipe quanto na letra da música. “Colder Weather” está presente no álbum “Pass the Jar: Live From the Fabulous Fox Theater in Atlanta”, de 2010. A música ficou no topo da Billboard country, além de ter ocupado a 26ª posição da Billboard Hot 100.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

#”Mr Winter” – The Maine

A canção do The Maine conversa com o inverno, e também fala sobre o amor e solidão. Ela faz parte do  álbum de 2008 da banda, “…And a Happy New Year”.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

#”Lithium” – Evanescence

A letra de “Lithium” do Evanescence busca fugir da solidão, apesar de apresentar muito a tristeza – inclusive na melodia. O uso da neve no videoclipe também foi utilizada para reforçar essa ideia. A canção “Lithium” é o segundo single do disco “The Open Door”, lançado em 2006.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

 Não deixe de curtir a nossa página no Facebook, e acompanhar as novidades da Nação da Música.

João Pietro: Jornalista, gaúcho e admirador da música em todas as suas vertentes. Apaixonado pela cultura e suas diversas formas de se manifestar, entende que ela é transformadora. Não dispensa um café forte, imagina que se sai bem no improviso e valoriza as relações interpessoais. Também gosta de tocar violão, admira o amor e busca ser otimista.