Os ingleses da allusinlove deram uma repaginada na banda, desde o próprio nome às músicas lançadas. Antes allusindrugs, os músicos passaram por dois anos de hiato, mas sem deixar de criar enquanto estavam longe dos palcos e das redes sociais.

O EP autointitulado foi lançado recentemente nas plataformas digitais e conta com a produção de Catherine Marks e Alan Moulder. A Nação da Música conversou com o guitarrista Drey sobre os motivos por trás da mudança do nome, o trabalho realizado no EP e também sobre o que vem pela frente para a banda.

Entrevista por Marina Moia.

————————————————— Leia a íntegra:
Primeiro de tudo, preciso perguntar: por que vocês tomaram a decisão de mudar o nome da banda?
Drey: Nós mudamos o nome para que pudéssemos progredir. Havia muitos equívocos em relação ao nosso nome e se provou bem difícil de constantemente ter que explicar. Por exemplo, muitas pessoas que nunca haviam ouvido falar de nós, evitavam nos conhecer melhor porque eles não gostavam da parte “on drugs” (drogados) do nome. Allusinlove pareceu a solução perfeita.

Depois de dois anos, vocês finalmente voltaram à ativa. Foi muito diferente voltar ao estúdio, gravar, compor? Como esse período influenciou nas novas músicas?
Drey:
Sim! Está sendo ótimo. Nós continuamos a escrever, ensaiar e gravar durante o período que ficamos longe da cena ao vivo e das nossas redes sociais. Foi também uma oportunidade de criar um novo som juntos na sala de ensaios e tirar alguns dos elementos antigos que não queríamos levar para frente. Nós começamos a olhar para outras influências e tentamos tocar novos elementos de sons.

Como foi trabalhar com Catherine Marks e Alan Moulder neste EP?
Drey:
Estar no estúdio com Catherine e Alan pareceu muito natural. Eles nos deixaram confortáveis e estabelecemos uma relação incrível durante a produção, gravações e o processo de mixagem. Tivemos momentos no estúdio que nunca esqueceremos.

- PUBLICIDADE -

Vocês estão de volta aos palcos também! Como estão sendo os shows até agora? Como o público está reagindo às novas canções?
Drey:
Os shows têm sido ótimos! As pessoas parecem amar as novas músicas e o nosso show ao vivo no geral. Tem muito material que ainda não foi lançado na nossa setlist, que as pessoas ainda não conhecem, mas assim que as novas músicas forem divulgadas, o pessoal vai pegar rápido!

Eu sei que o EP acabou de ser lançado, mas vocês estão com planos de lançar um disco completo em breve? O que podemos esperar?
Drey:
Sim, nosso álbum de estreia já está gravado e deve ser lançado em algum momento de 2019! Nós colocamos cada gota de amor e energia que tínhamos nele e mal podemos acreditar no som dele! Estamos muito orgulhosos.

Quais são os planos da banda para 2019?
Drey:
Fazer turnê quem nem loucos, lançar muita música nova e evoluir como músicos e como pessoas o máximo que for possível.

Gostaria de mandar uma mensagem aos fãs brasileiros?
Drey:
Nós amamos todos vocês! Vocês são a plateia mais louca e divertida do mundo (de acordo com os vídeos de shows no Youtube!) e isso nos deixa muito felizes. Ps.: Agora que nos chamamos Allusinlove, nós devemos conseguir passar pela alfandêga no aeroporto e fazer alguns shows no Brasil muito em breve!

- PUBLICIDADE -
Deixe seu comentário no final dessa publicação, marque seus amigos que também curtem allusinlove, acompanhe a nossa agenda de shows e a Nação da Música através do Twitter, Facebook, Instagram e Spotify. Muito obrigado pela visita e por ler essa matéria!