elektra

Nesta sexta-feira (26), a cantora Elektra liberou seu EP “De Volta Na Terra”, primeiro trabalho solo desde o fim da sua banda FakeNumber. O trabalho possui 07 faixas autorais e foi produzido por Léo Ramos, da Supercombo.

Graças ao financiamento coletivo no site Kickante, Elektra conseguiu recursos para gravar seu “De Volta Na Terra”. O trabalho pode ser ouvido em redes de streaming, como o Spotify, ou comprado no site oficial.

Nação da Música conversou com Elektra para saber mais sobre o processo de criação do EP, sua relação com os fãs e também sobre projetos futuros.

A entrevista foi feita por Marina Moia

—————————————————————————————— Leia a íntegra

- PUBLICIDADE -

Como foi o processo de criação do EP “De Volta na Terra”?

Elektra: Eu comecei a compor e a “dar vida” pra esse EP no ano passado, foi um processo demorado. Muita coisa mudou no meio do caminho e em estúdio, a princípio era pra ser só 5 músicas, mas eu decidi colocar mais duas conforme fui compondo!

Eu estou muito orgulhosa e feliz com o resultado, eu acho que saiu melhor do que eu esperava e realmente acho que são as minhas melhores letras, foi muito legal ficar afastada todo esse tempo, respirar, amadurecer e poder voltar com um trabalho 100% a minha cara!

Você começou na música muito nova, com 16 anos, e com certeza já teve muitas experiências incríveis desde então. O que serve de inspiração para você na hora de compor suas músicas, especialmente as do EP?

- PUBLICIDADE -

Elektra: Eu não tenho uma regra pra compor, às vezes falo sobre experiências minhas, de pessoas próximas a mim, ou simplesmente quero falar sobre algum assunto específico. Uma das músicas do meu EP fala sobre minha carreira e essa experiência de cair e levantar, a música se chama “Levanta!” e a letra dela é bem especial pra mim.

O novo EP vai ter uma proposta diferente da FakeNumber. Qual as principais mudanças que podemos encontrar no seu novo projeto?

Elektra: Eu acho que aquela essência sempre vai ter né? O FakeNumber sempre vai fazer parte de mim, mas eu acredito que esse EP é um trabalho mais maduro e tem música pra quando você está feliz, triste, pra superar, pra levantar e pra mandar aquela famosa indireta.

Léo Ramos, da Supercombo, participa da música “Memória Seletiva” e também já produziu seu single “Norte”. Como surgiu essa colaboração e como foi trabalhar com ele?

Elektra: Eu conheço o Léo há uns bons anos já, mas foi a primeira vez que trabalhamos juntos e eu acho que não poderia ter escolhido um produtor melhor pra esse EP. O Léo é um dos caras mais incríveis da música que eu conheci, transborda talento e ideias. Além de produzir, ele tentava sempre tirar o meu melhor, ele forçou bastante pra tirar o meu máximo no estúdio e foi incrível isso. No dia que eu parei pra escutar o EP pronto eu realmente vi a diferença da pessoa que entrou pra gravar e da pessoa que saiu de lá do estúdio!

- PUBLICIDADE -

Muitos fãs te ajudaram neste EP, com o financiamento no Kickante. Como foi ter esse apoio deles?

Elektra: A princípio, eu estava com um receio muito grande em lançar a campanha do financiamento coletivo, é muito complicado você pedir dinheiro para as pessoas para algo que elas não vão receber de imediato né? Eu sempre acreditei neles e tinha certeza que eles me ajudariam, mas a gente sempre fica com aquele medo né “E se ninguém ajudar? E se não bater a meta?”.

Mas foi um medo bobo né? Porque nós passamos a meta e foi incrível. Sem eles esse EP não aconteceria e eu vou ser eternamente grata. Cada palavra, música, detalhe, encarte e etc, foram feitos com muito carinho e eu espero de coração que tenha atendido todas as expectativas deles.

Percebi também que você tem muitos seguidores nas redes sociais e é bem ativa. Como é sua relação com essas novas mídias, como o snapchat, por exemplo?

Elektra: Eu demorei muito tempo pra sentir vontade de fazer um snapchat, fui fazer no ano passado e gostei demais, eu adoro os filtros e sou dessas chatas que fica fazendo vídeos com cara de cachorro e etc. Mas se alguém quiser me seguir, fica a vontade: ElektraOficial.

Quais são os seus próximos planos após o lançamento do EP? Vai sair em turnê, gravar videoclipes, pretende lançar um álbum mais pra frente…?

Elektra: Os próximos planos agora são os shows. O show de lançamento ainda não tem data marcada, mas tudo indica que seja em outubro. Quero trabalhar o novo single também e tenho 3 músicas inéditas que pretendo lançar esse ano ainda, mas vamos falar disso mais pra frente.

Gostaria de deixar um recado para seus fãs?

Elektra: Claro que gostaria! Queria mais uma vez agradecer por todo apoio, carinho e espero de coração que vocês tenham gostado do EP, ele está disponível em todas as plataformas digitais e o EP físico também está à venda na página do FacebookObrigada Nação da Música!

Não deixe de curtir a nossa página no Facebook, e acompanhar as novidades da Elektra e da Nação da Música. Ouça o EP “De Volta Na Terra” abaixo: