Entrevistamos Clarice Falcão sobre Lollapalooza e novos projetos

clarice falcão
Foto: Divulgação
- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

A cantora, atriz, roteirista e apresentadora Clarice Falcão está com dois shows muito especiais marcados para o final de março, ambos marcando o encerramento da turnê atual. O primeiro deles será no dia 19, no Rio de Janeiro, na Casa da Glória. Já o segundo é no Lollapalooza Brasil, no próximo dia 26.

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

A Nação da Música teve a oportunidade de bater um papo super descontraído com a Clarice sobre as expectativas para os shows, o novo seriado dela na Prime Video, o próximo disco da carreira e também sobre a importância dos videoclipes.

- ANUNCIE AQUI -

Entrevista por Marina Moia.
—————————————- Leia a íntegra:
Clarice, você com uma agenda bem especial, com show de encerramento da turnê no Rio de Janeiro e também no Lollapalooza Brasil. O que podemos esperar desses shows?
Clarice Falcão: Eu estou muito empolgada, não subo num palco há dois anos e meio, e vai ser muito doido porque eu vou fazer o show aqui no Rio e logo depois direto pro Lolla. É uma mistura muito grande de nervosismo com empolgação. Vou experimentar esses dois tipos de shows muito diferentes, sendo que um é pro seu público, que quer muito te ver, e o outro é pra muita gente, que às vezes nunca te ouviu ou que ouviu por alto e só conhece coisas antigas. São dois shows muito diferentes de fazer, mas tô empolgada pros dois.

- ANUNCIE AQUI -

Eu ia mesmo te perguntar se você sente diferença entre shows em festival e shows solo…
Clarice Falcão: Cara, é muito diferente! Sabe quando você sai num encontro com seu marido e quando você sai num encontro com uma pessoa que você nunca viu antes? Acho que os dois são muito bons. Um tem intimidade, conforto, liberdade de ser doido e se expor mais. O outro tem a conquista, o frio na barriga, o futuro e a possibilidade de você conhecer pessoas novas e de pessoas novas te conhecerem. Acho que essa é a diferença.

- ANUNCIE AQUI -

Tem algum nome do lineup do Lolla que você está ansiosa para assistir ao vivo?
Clarice Falcão: Tem uma artista que eu curto muito, há muito tempo, mas que nunca vi show dela sozinha, que é a Jup do Bairro. Já vi show dela com a Linn da Quebrada, mas nunca vi show dela sozinha. Eu gostei muito do disco dela, então acho que vou curtir muito ver o show dela também.

Eu estava dando uma fuçada no seu Instagram e vi que você estava super feliz com a nova série, criação sua, que vai estrear no Prime Video, chamada Eleita. Pode nos contar algo sobre esse lançamento?
Clarice Falcão: Sou eu, Diogo Vilela, Luciana Paes e um elenco muito foda, maravilhoso. É uma comédia e a história conta sobre uma pessoa que é eleita governadora do Rio de Janeiro sem querer ser. Ela se candidata de piada e termina sendo eleita de verdade. Tem muita relação com coisas que tem realmente acontecido, de pessoas totalmente despreparadas estarem no poder. A gente viu muita gente sendo eleita por acaso. Só que no caso da personagem, ela não queria. Foi a pior coisa que poderia ter acontecido com ela [risos].

- ANUNCIE AQUI -

E você faz a personagem principal então?
Clarice Falcão: Exatamente. Eu escrevi com meu melhor amigo, Célio Porto, e eu estou protagonizando a série.

Você já tem uma parceria bem bacana com o Prime Video. Já é apresentadora também do programa LOL. Devo dizer que meus pais amam esse programa e ficaram super empolgados quando eu falei que ia te entrevistar…
Clarice Falcão: Confesso que eu estava morrendo de medo, muito nervosa, porque eu nunca tinha feito isso de apresentar. Apresentadora é um lugar muito específico. Não é atriz, não é cantora, é algo super específico e eu estava morrendo de medo e de nervoso. Mas eu cheguei lá e a galera é tão legal, o programa é tão legal, foi tão divertido que eu nem notei o que eu estava fazendo. Quando vi, já tinha feito. E eu morri de rir. Na verdade, eu mais me diverti do que trabalhei mesmo.

- PUBLICIDADE -

Você se arrisca em diversas áreas artísticas. Cantora, atriz, roteirista, agora é apresentadora também. Você sente uma conexão entre essas áreas? Porque arte é uma coisa só, mas também possui diversos ramos distintos.
Clarice Falcão: São muito diferentes, né?! Você acessa lugares diferentes de tudo, especialmente para cada pessoa. Tem coisas que vem mais naturalmente, tem coisas que você precisa pensar mais, tem coisas que eu sinto que são mais instintivas. Mas o que eu sinto muito também é que tem muitas coisas que eu aprendo num meio, aprendo quando eu tô compondo, que eu consigo levar pra quando estou escrevendo um roteiro. Ou então como atriz, tem coisas que eu consigo levar para quando estou me apresentando, como performer. Tem um lado que realmente é diferente e você tem que virar uma chave na sua cabeça, mas por outro lado eu acho muito legal aprender uma coisa aqui e levar pra cá.

Você tem lançado muitos videoclipes também e eu acredito que seja uma forma de mesclar muitas dessas artes. Roteiro, atuação e, claro, a música. Qual a importância dos videoclipes para você?
Clarice Falcão: Eu acho muito bom. É uma forma de você justamente juntar tudo e é uma forma de você dar uma cara pra música. É muito legal poder ouvir música de olhos fechados, nos caminhos para os lugares, mas também acho muito legal poder dar um visual. Eu queria até fazer mais clipe, ter mais organização e tempo pra fazer mais. Eu gosto muito de fazer coisas diferentes, num formato diferente, tenho clipe que é meio num formato power point. E como eu sou artista independente, eu tenho que pensar em soluções criativas que não sejam caríssimas. Os meus clipes em geral são um pouco mais caseiros.

- ANUNCIE AQUI -

Mas acredito que isso possa te aproximar mais do público que está te assistindo também, sendo um videoclipe mais caseiro…
Clarice Falcão: Nossa, muito obrigada, graças a Deus! É porque realmente não tinha como fazer [risos]. Os obstáculos muitas vezes te fazem ter ideias e soluções que você não teria de outras formas e termina ficando mais legal ainda.

Ainda mais que somos da geração da MTV, dos videoclipes. Tem que ter clipe né? [risos]
Clarice Falcão: Tem que ter! A gente gosta de ter um videozinho pra ver

- ANUNCIE AQUI -

O seu último disco lançado foi o “Tem Conserto” e teve o EP “Eu me Lembro” depois também. O que pode nos contar sobre o que vem por aí? Está gravando, escrevendo…?
Clarice Falcão: A minha ideia é ainda este ano lançar um disco novo. Eu notei que eu lanço um disco a cada três anos e agora fiquei com isso na cabeça e vou tentar manter esse padrão. Para manter esse padrão, eu precisaria lançar um disco neste ano ainda. Mas eu estava há pouco no corre do “Eleita”, gravando que nem uma doida, e agora eu to no corre dos shows. Só vou poder começar a pensar nisso quase no meio do ano, então acho que o lançamento mesmo só no segundo semestre.

Mas você já está compondo? Tem algo novo que possa entrar nos shows que vem por aí?
Clarice Falcão: Eu to pensando nisso, sabia? Até ontem, eu estava pensando que não ia rolar nada de novo. O show do Lolla, em festival, é mais curtinho né. O setlist tem que ser mais conciso e você precisa pensar melhor no que você quer mostrar ali. Mas o show do Rio eu posso ser mais solta, se eu resolver colocar música no dia anterior, eu posso.

- ANUNCIE AQUI -

Até porque no Lolla às vezes as pessoas querem ouvir as mais famosas, as mais icônicas.
Clarice Falcão: Exatamente. Eu quero muito fazer, no Lolla, um show pra cima. Com músicas conhecidas, com hits, mas também músicas para dançar. Vai ser às 14 horas, não vou deprimir a galera né? [risos].

Antes você comentou que gostaria de ver o show da Jup do Bairro. Com quem você gostaria de fazer uma colaboração no futuro? Recentemente, você fez com a Letrux…
Clarice Falcão: Eu fiz uma parceria com a Linn também, no After do Fim do Mundo, que foi maravilhoso e muito, muito divertido. É uma ótima pergunta. Quem eu estou amando muito… ah eu vou manter a Jup mesmo porque ela é muito legal. Toda vez que eu encontro com ela, ela é muito fofa e gentil e eu sempre falo que sou muito fã. Eu gosto muito de trabalhar com amigos, sabe? Pelo menos gente próxima, gente que eu gosto. Eu gosto de me divertir trabalhando. A Jup é uma pessoa que eu acho que a gente iria se divertir muito.

- ANUNCIE AQUI -

Por último, gostaria de deixar um recado aos leitores da Nação da Música?
Clarice Falcão: Sim! Quero dizer que se você for no show do Lolla, que você aproveite muito. E que se você não for, tem várias coisas ainda pra rolar. Tem disco novo, tem seriado, enfim! Vai acontecer muita coisa ainda neste ano.

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Clarice Falcão, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e sua família. Não se esqueça que a vacinação contra a COVID já está disponível em todo o Brasil. Aqueles que já receberam a 1ª e a 2ª dose, lembrem-se de tomar a dose complementar e mesmo após vacinação completa, é necessário seguir as medidas de cuidado necessárias para contermos o coronavírus. Cuide-se!

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

Jornalista e apaixonada por música desde que se conhece por gente.