Foto: Tony Santos

Inspirado pela luta contra o câncer de Fernanda Natel, o cantor Juca Chuquer compôs a faixa “Começar de Novo”, presente no EP homônimo disponível nas plataformas digitais. Nesta quarta-feira (16), ele libera o videoclipe da música, que fala sobre superação e simboliza a história de Fernanda através da dança. 

Juca cresceu no meio musical e é irmão de Tó Brandileone, integrante do grupo 5 a Seco. Agora na Midas Music, o novo EP teve a direção artística de Rick Bonadio e marca uma nova fase para o músico.

A Nação da Música conversou com Juca Chuquer sobre o lançamento do videoclipe, a produção do EP e também sobre planos futuros. 

Entrevista por Marina Moia.

————————————- Leia a íntegra:
Oi, Juca! Tudo certo com você? Obrigada por falar com a Nação da Música! Esta quarta-feira é muito especial, já que vem com videoclipe novo e que fala de um tema extremamente importante. Pode nos contar como foi se inspirar na história de Fernanda Natel?
Juca: Olá, Nação da Música! Tudo bem por aí? Muito obrigado pelo convite pra essa entrevista! Fico muito feliz em fazer parte de tudo isso!

Eu conheci a Fe em um evento em que ela foi convidada para dar uma palestra e contar sobre toda a sua história, detalhe por detalhe. A palestra mexeu muito comigo, me mostrou como a gente não pode reclamar muito da vida, como a gente deve aproveitar mais cada momento, valorizar mais cada pessoa especial que passa na nossa caminhada e jamais deixar as coisas pra depois. No dia seguinte à palestra eu mandei uma mensagem pra Fe avisando que a história dela tinha mexido muito comigo e que em algum momento eu iria fazer uma música sobre a superação dela, sobre nunca deixar de ter esperança e jamais abandonar o sorriso, mesmo na luta contra algo sombrio e complicado.

- PUBLICIDADE -

Me inspirar na história da Fe foi uma honra, um aprendizado e uma felicidade gigante. Hoje, ouvir ela dizendo que minha música é capaz de curar, faz me sentir realizado. Espero que a música chegue nas pessoas que precisam de uma fé extra para superar as dificuldades da vida!

O videoclipe é bem emocionante também, com a bailarina simbolizando a luta da Fernanda, que aparece no final. Como foi gravar e criar esse vídeo e ter a Fernanda ali no set?
Juca: No dia da gravação do clipe a grande maioria da equipe que lá estava se emocionou e chorou. A presença da Fe com certeza levou a emoção para um outro nível, porque ela ia contando para todo mundo da equipe todas as coisas que ela passou, todas as dificuldades e as limitações. E é impossível a história dela não tocar os outros. A emoção tomou conta do estúdio por horas e horas. Tinha gente que entrava e se emocionava tanto que logo ia embora e não queria mais voltar, para não ficar chorando o tempo inteiro!

Inclusive para a bailarina do clipe era essencial entender tudo, saber de cada detalhe, para interpretar a dança da melhor forma possível, e ela foi brilhante. Renata Bardazzi é uma profissional incrível e talentosa.

Foi uma experiência maravilhosa, e espero que todos gostem do resultado!

- PUBLICIDADE -

“Começar de Novo” faz parte do seu EP homônimo, feito com a Midas Music e com direção artística do Rick Bonadio. Como foi o processo de produção e criação deste trabalho, nesta nova fase?
Juca: Assinar com a Midas Music foi um passo importante na minha carreira. Está sendo uma experiência nova, o que é excelente, pois me proporciona um aprendizado constante.

A produção do EP é a parte mais gostosa de todo o processo, pelo menos na minha opinião. Se trancar em um estúdio excelente, com músicos e produtores da melhor qualidade é um sonho. As horas passam e você nem percebe. Ali o trabalho vira lazer, e isso é insuperável.

Trabalhar com o Rodrigo Castanho (já produziu bandas renomadas no mercado musical) foi demais. Uma pessoa simples, fácil de se conviver, aberto a ideias novas e com um ouvido aguçado para identificar todos os problemas e qualidades das produções.

Está sendo uma honra dividir horas de estúdio com toda a galera da Midas Music! 

Para o ano que vem (ou até mesmo ainda em 2019!) você pretende lançar disco completo? O que pode nos contar sobre o que vem por aí?
Juca: Eu com certeza vou lançar coisa nova no ano que vem. Mas o formato que vai ser eu ainda não tenho certeza. Não sei se será um outro EP, vários singles ao longo do ano, ou até mesmo um álbum. Preciso sentar com a gravadora e decidir a melhor estratégia!

- PUBLICIDADE -

Mas música e vontade de lançar coisa nova o tempo inteiro não faltam! hahaha

Com qual cantor ou banda gostaria de fazer uma parceria no futuro?
Juca: Essa é fácil! Minha banda nacional favorita é 5 a Seco! Eu cresci com eles ensaiando na sala da minha casa, eu sou muito fã de tudo o que eles produzem. Uma parceria com eles seria lindo demais!

Pensando no cenário internacional, e aqui eu deixo meus sonhos tomarem conta de mim na resposta, John Mayer e Paul McCartney.

A Luiza Possi já gravou uma de suas composições, “Pode Vir”. Se você pudesse escolher outra pessoa para gravar algo que você compôs, quem você escolheria?
Juca: Essa é difícil! Mas acho que Tiago Iorc.

Me inspiro muito nas composições dele e muita gente acha nossa voz parecida. Então acredito que minhas músicas soariam bem na voz dele!

Gostaria de mandar um recado aos leitores da Nação da Música?
Juca: Queria agradecer muito pelo espaço e oportunidade de falar com todos os leitores da Nação da Música! Espero de coração que vocês gostem do trabalho, foi tudo feito com muito carinho e dedicação. E se gostarem, peço para que divulguem por aí! Toda força é muito bem-vinda!

Aproveitem muito todos os momentos com as pessoas que vocês amam e que sabem que amam vocês de volta! No fim, é só isso que importa! Beijo a todos! Obrigado!

Deixe seu comentário no final dessa publicação, marque seus amigos que também curtem Juca Chuquer, acompanhe a nossa agenda de shows e a Nação da Música através do Twitter, Facebook, Instagram e Spotify. Muito obrigado pela visita e por ler essa matéria! Confira o videoclipe abaixo!