Ele é ícone de décadas passadas e talvez você não o conheça, mas com certeza sua mãe ou sua avó lembram com carinho de Julio Iglesias. Galã espanhol, ele foi o maior sucesso na época dos anos 1970! Foram mais de 300 milhões de discos vendidos pelo mundo entre os sucessos de seus 25 discos lançados.

Julio chegou a ser atleta de futebol e era um dos goleiros nas categorias jovens do Real Madrid. Esse era o sonho dele: ser jogador profissional de futebol. Entretanto, ele teve seu futuro mudado – e quase interrompido – no dia 22 de setembro de 1963. À noite, estava dirigindo para a cidade de Majadahonta, que fica perto de Madrid. Julio tinha completado os 20 anos e estava viajando com uns amigos quando perdeu a direção, sofrendo um grave acidente. Durante um ano e meio, ficou semi-paralisado e os médicos afirmaram que teria poucas chances de voltar a andar.

No hospital, Julio ouvia o rádio e escrevia poemas e versos românticos. Parece filme, mas uma vez, uma das enfermeiras que cuidava dele, trouxe uma guitarra. Foi neste momento que ele descobriu a sua vocação para a música e decidiu virar cantor. Foi assim que ele superou essa fase e tornou-se um dos ídolos dos boleros, música romântica.

Enrique, nascido em 1975, é natural da Espanha, porém se mudou para os EUA desde 1986. Ele também tem uma carreira de sucesso como cantor, mas também segue a de modelo e ator. O primeiro álbum foi lançado aos 20 anos de idade. Até hoje, ele contabiliza mais de 100 milhões de álbuns entre os dez que já lançou. Família bem sucedida, não?

Entre os principais prêmios da música, Enrique já conquistou: 116 Discos de Platina, 227 de Ouro, 26 prêmios internacionais, como Grammy na categoria de Melhor Artista Latino em 1996, um disco considerado Álbum do Ano pela revista Billboard e um World Music Award para Melhor Artista Latino.

Enrique Iglesias é considerado o artista latino com maior número de discos vendidos; em três anos, foram vendidos mais de 10 milhões de exemplares com os seus dois primeiros álbuns (“Enrique Iglesias” e “Vivir“). Enrique ainda venceu um Grammy na categoria de Melhor Artista Pop Latino e o destacou ainda mais no cenário musical: ele é considerado o mais impressionante fenômeno hispânico dos últimos 25 anos.

- PUBLICIDADE -