Vamos falar de Taylor Swift. Quando a cantora lançou no final de outubro o seu quinto álbum de estúdio, “1989”, as expectativas já eram enormes. Expectativas estas que foram confirmadas, tornando o registro de Taylor o mais bem vendido na semana de estreia desde 2002. É preciso dizer que tal comportamento não é algo exclusivo gerado pelo hype em torno do disco de 2014.

Em 2012, com seu também ótimo álbum “Red”, Taylor já dava sinais que estava querendo romper com a sua imagem de garotinha do campo. Mesmo o antecessor de “1989” tendo aquele ar country, a cantora pop já demonstrava os eu interesse por flertar com uma sonoridade um pouco mais madura.

Porém, essa ruptura dá-se de forma extrema em “1989”. Logo nos primeiros minutos de “Welcome To New York” você já percebe que este é um trabalho de Taylor Swift, mas uma Taylor oitentista, que deixou seu banjo de lado para explorar as possibilidades dos sintetizadores e das baldas dançantes.

É também um disco que traz uma Taylor Swift capaz de rir dela mesma. As tão conhecidas aventuras amorosas da cantora, colocadas até em então como histórias tristes em suas músicas, agora são apresentadas de forma irônica. A ideia, apesar de repetir-se em demasia em determinados momentos do disco, acabe se mostrando uma novidade interessante na fórmula de sucesso de Taylor. Exemplo disso são as ótimas “Blank Space” e “Style”, propositalmente (ou não) colocadas em sequência, são duas das melhores canções do álbum.

Claro que o pop característico de Taylor se faz presente, principalmente no single de estreia do registro, a animada “Shake It Off”. A fórmula original das baladas que tanto consagraram a cantora também se faz presente. Principalmente em músicas como “This Love”, parceria com o produtor Nathan Chapman, responsável pelo álbum “Fearless” e hits como “You Belong With Me”. “Out Of The Woods” e “How You Get The Girl” também são ótimos exemplos das baladas em “1989”.

Sabe-se lá pra onde essa Taylor que, definitivamente tirou sua música da fazenda, está indo. Mas o caminho parece bastante interessante. Relevando todas polêmicas relacionadas a retirada de suas músicas de serviços de stream, Taylor Swift conseguiu alcançar um novo patamar na sua carreira com “1989”. Cabe agora aproveitar o disco e esperar os próximos caminhos da estrela pop.

- PUBLICIDADE -

Faixas:

01. Welcome To New York
02. Blank Space
03. Style
04. Out Of The Woods
05. All You Had To Do Was Stay
06. Shake It Off
07. I Wish You Would
08. Bad Blood
09. Wildest Dreams
10. How You Get The Girl
11. This Love
12. I Know Places
13. Clean

Nota: 7

Não deixe de curtir nossa página no Facebook, e acompanhar as novidades do mundo da música, de Taylor Swift e da Nação da Música.

- PUBLICIDADE -