Muse
Foto: Rafael Strabelli / Nação da Música.

Após se apresentar na última noite do Rock in Rio, o Muse realizou um espetáculo sem defeitos nesta quarta-feira (10) no Ginásio do Ibirapuera em São Paulo.

A noite começou com um show da banda Kaiser Chiefs, os britânicos, que se consagraram no cenário do indie rock com seu estilo dançante, animaram a plateia que aguardava ansiosamente pelo som futurístico do Muse.

Ricky Wilson, que comanda o microfone do Kaiser Chiefs, esbanjou simpatia durante a apresentação e ganhou a atenção do público com os conhecidos sucessos do grupo. O repertório contou com hits como ‘Ruby’, ‘Never Miss a Beat’ e ‘Everyday I Love You Less and Less’.

Muse
Foto: Rafael Strabelli / Nação da Música.

Às 21h, os fãs fervilhavam de ansiedade. O Muse entrou ao palco após poucos minutos com ‘Algorithm’ e dominou o Ginásio, a banda trouxe para São Paulo a mesma estrutura apresentada na turnê de ‘Simulation Theory’, com dançarinos, passarela e até o boneco inflável de Murph, personagem do videoclipe ‘Dark Side’.

O fôlego de Bellamy e sua performance foram apenas alguns dos pontos altos da noite. Os fãs fizeram um show à parte, além de cantarem junto hits como ‘Uprising’, ‘Madness’, ‘Time is Running Out’ e ‘Supermassive Blsck Hole’ e ‘Starlight’, a plateia foi à loucura ao ser surpreendida com ‘Showbiz’ no setlist, um pedido da fanbase via Twitter para o Muse.

Com cerca de duas horas de show, o trio britânico fez a apresentação mais intimista de todas em relação às suas passagens pelo Brasil. Para os fãs que estavam preocupados com a mudança de local, do Allianz para o Ginásio, a recompensa foi de deixar qualquer um boquiaberto.

- PUBLICIDADE -
Deixe seu comentário no final dessa publicação, marque seus amigos que também curtem Muse, acompanhe a nossa agenda de shows e a Nação da Música através do Twitter, Facebook, Instagram e Spotify. Muito obrigado pela visita e por ler essa matéria!