Resenha: The Kooks volta a se apresentar no Rio depois de 4 anos

thekooks

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

A banda inglesa The Kooks fez seu segundo show no Brasil nesta quinta-feira (27) no Metropolitan, transformando nesta a quarta vez que traz sua música ao país.

- ANUNCIE AQUI -

A atração de abertura foi a banda Folks, cariocas e fãs assumidos do grupo. Com letras positivas, som e energia, os caras são bem característicos e souberam preparar bem o público para o que viria a seguir.

- ANUNCIE AQUI -

O The Kooks chegou ao Rio de Janeiro embaixo de chuva mas com um clima quente, para combinar com o espírito dos fãs, que recepcionaram bem a banda. O palco era simples: um banner ao fundo levava o nome do grupo, que subiu ao palco às 22h pontualmente ao som de muita histeria, onde logo após a primeira música o vocalista Luke Pritchard arrisca o português dizendo o famoso “Obrigado”.

- ANUNCIE AQUI -

Mas foi durante “Always Where I Need To Be” que o público soltou a voz e cantou a todos os pulmões. “Da última vez que viemos ao Brasil não conseguimos vir ao Rio, estamos felizes de estar aqui hoje” disse Luke, se referindo a 2015, quando se apresentaram no Lollapalooza em São Paulo e fizeram um side show em Porto Alegre.

A setlist foi basicamente a mesma do show da noite anterior, que rolou no Citibank Hall em São Paulo, com exceção da adição de “Mr. Maker”, que aconteceu tão no improviso que o próprio Luke admitiu aos fãs: “Vocês lembram mais da letra que eu!”, e logo após desistiu de continuar a canção. Ao contrário da performance no geral, em “Seaside” os integrantes se retiraram e Pritchard ficou sozinho com seu violão, criando um clima intimista e emocionante, que claramente tomou conta de todos os presentes.

- ANUNCIE AQUI -

Também bastante animados, Hugh (guitarra), Peter (baixo) e Alexis (bateria) foram aplaudidos diversas vezes e com toda a certeza sentiram a energia dos cariocas. Pouco antes de encerrar a apresentação, o vocalista agradeceu a Folks e elogiou o estilo dos integrantes. Para finalizar, o maior hit da banda começou a ser tocado: “Naive” certamente se mostrou ser a mais aguardada da noite, quando pela primeira vez a voz do público sobressaiu à de Luke.

Com aproximadamente uma hora e meia de apresentação e 21 músicas na setlist, assim se encerrou a turnê do The Kooks no Brasil: com promessa de volta e casa cheia nas duas cidades.

- PUBLICIDADE -

Setlist:

Eddie’s Gun
Always Where I Need to Be
See the World
Ooh La
Down
Backstabber
Around Town
Gap
Seaside
See the Sun
Tick of Time
Taking Pictures of You
Westside
She Moves in Her Own Way
Sway
Bad Habit
Matchbox
Sofa Song

- ANUNCIE AQUI -

Encore:
Forgive & Forget
Junk of the Heart (Happy)
Naïve

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e acompanhar as novidades do The Kooks e da Nação da Música.

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.