Seis motivos para ir ao show do ex-Black Sabbath, Vinny Appice, no Brasil

vinny appice black sabath

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

Limeira, em São Paulo, é a primeira cidade a receber a turnê do Vinny Appice no Brasil. No total, o ex-baterista do Black Sabbath, fará um total de seis apresentações no país. O primeiro show está agendado para o próximo sábado (30), em Limeira, seguido do show em Recife no dia 31. Os workshows, como são denominados, retornam no dia 03 e 04 de junho, nos municípios de Londrina/PR e Belo Horizonte/MG, respectivamente. Para finalizar Vinny Appice passa por São Paulo/SP no dia 06 de junho, e Curitiba/PR no dia 07 de junho.

- ANUNCIE AQUI -

Informações sobre ingressos e horários você pode conferir aqui.

- ANUNCIE AQUI -

Abaixo você confere seis motivos para comparecer ao show do Vinny Appice no Brasil.

- ANUNCIE AQUI -

#1 Black Sabbath

Vinny Appice se tornou conhecido por tocar, especialmente, na banda de heavy metal Black Sabbath – uma das pioneiras no gênero ao lado de Deep Purple e Led Zeppelin. O Black Sabbath foi fundado em 1968, no Reino Unido, por Ozzy Osbourne nos vocais, Tony Iommi na guitarra, Geezer Butler no baixo e Bill Ward na bateria. Vinny Appice integrou a banda pela primeira vez no início dos anos 80, quando Ozzy foi substituído por Dio. De lá para cá o baterista participou de turnês do Black Sabbath, inclusive com passagens pelo Brasil.

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

#2 Dio

- PUBLICIDADE -

Depois de substituir Ozzy Osbourne no Black Sabbath, Dio criou sua própria banda e chamou Vinny Appice para também fazer parte dela. Juntos eles são responsáveis por sucessos como “Holy Diver”, música que dá nome ao primeiro álbum da banda. O Dio encerrou suas atividades em 2010.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -

#3 Currículo

A carreira musical de Vinny Appice é bem recheada. Além de fazer história com o Black Sabbath e Dio, o baterista já gravou cerca de 30 álbuns – somando todas suas participações em outras bandas/músicos, como Derringer, Axis, Ray Gomez, Bruzer, World War III, Lana Lane, Mark Boals, Erik Norlander, Heaven And Hell, Suncrown, e mais. No currículo de Appice também constam produções com o ex-Beatle John Lennon, no início da descoberta de seu talento para bateria, aos 16 anos.

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

#4 Hollywood

- ANUNCIE AQUI -

A bateria de Vinny Appice está presente em algumas trilhas sonoras de produções cinematográficas de Hollywood. A mais recente delas está no filme “Professora Sem Classe”, lançado em 2011, com a música “Rainbow in the Dark”, interpretada por Dio. Appice também participa das trilhas dos filmes “Quanto Mais Idiota Melhor 2” (1993), “Heavy Metal” (1981), “Águia de Aço” (1986) e “Endiabrado” (2000).

#5 Workshows

- ANUNCIE AQUI -

A turnê de Vinny Appice no Brasil é mais do que apenas apresentações musicais. Denominados de workshows, os eventos são a fusão de workshops com shows, ou seja, são voltados também para um momento de treinamento e discussão. Os fãs do músico poderão, além de curtirem o som, redescobrirem informações sobre o baterista, aprender técnicas, participar de um bate-papo e do Meet & Greet – tudo voltado a “desvendar os segredos da bateria do Black Sabbath e Dio”.

1431519556_02

- ANUNCIE AQUI -

#6 “Legal e barulhento”

No vídeo em que convida os fãs brasileiros para a “Vinny Appice Brasil Tour” o baterista afirma que o encontro será “legal e barulhento”. É o mínimo que se pode esperar de um ícone do heavy metal, que adquiriu fama por carregar kits enormes de bateria e incorporar grooves pesados em seu som. Veja o vídeo abaixo.

- ANUNCIE AQUI -

Não deixe de curtir a nossa página no Facebook, e acompanhar as novidades do Vinny Appice e da Nação da Música.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- PUBLICIDADE -
João Pietro: Jornalista, gaúcho e admirador da música em todas as suas vertentes. Apaixonado pela cultura e suas diversas formas de se manifestar, entende que ela é transformadora. Não dispensa um café forte, imagina que se sai bem no improviso e valoriza as relações interpessoais. Também gosta de tocar violão, admira o amor e busca ser otimista.