u2-green-dayUm ano após os trágicos eventos do Furacão Katrina na Nova Orleans de 2005, os americanos foram abraçados pela surpreendente parceria do Green Day e U2 com o cover de “The Saints Are Coming”. A letra do single da banda escocesa Skids, lançada originalmente em 1978, encaixava tão bem em um momento tenso que também fez com que duas bandas totalmente opostas sintonizassem perfeitamente seus pensamentos.

Para apresentar a nova colaboração ao mundo, os grupos preparam um show especial para a abertura do Monday Night Football em setembro de 2006, marcando a reinauguração do estádio Louisiana Superdome com partida dos (ironicamente) “Saints” de New Orleans. O single soa como um tributo a todas as dificuldades, sofrimentos e acima de tudo, toda a superação que aquela população passou durante aquele ano.

Os vocalistas Billie Joe Armstrong e Bono Vox deram as mãos e entregaram um tocante set de 4 músicas, integrando os hits “Wake Me Up When September Ends”, “House Of The Rising Sun”, “Beautiful Day” e a nova parceria, se apresentando como um único grupo. O cover emocionou os quase 70 mil fãs que assistiam o jogo e foi lançado em sua versão de estúdio 30 dias mais tarde, arrecadando fundos para um programa que visava levar a música de volta a cidade, através de instrumentos e projetos relacionados. Caso queira saber, os Saints levaram a melhor naquela noite.

Com um videoclipe emocionante que além de trazer imagens reais dos desabrigados fazia uma crítica social ao governo americano da época (típico do Green Day), o sucesso do single não era menos esperado, faturando um grammy de “Melhor Performance Rock por um Grupo ou Duo”. 10 anos depois, as duas bandas ainda dividem um fator em comum: o amor dos fãs, colhendo grandes frutos com o DVD “iNNOCENCE + eXPERIENCE” (U2) e com o álbum “Revolution Radio” (Green Day) – leia a resenha aqui.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e acompanhar as novidades do Green Day, U2 e da Nação da Música.

- PUBLICIDADE -