Talking HeadsUma das bandas mais importantes do movimento pós-punk e dona de um dos maiores clássicos da história da música mundial, o Talking Heads saiu dos palcos muito antes de anunciar sua separação.

A apresentação aconteceu em 6 de fevereiro de 1984, no Sweetwaters South Festival na Nova Zelância, onde a banda era a headliner da noite entre nomes como Simple Minds e The Pretenders. Do início ao fim da carreira com sua formação original, David Byrne, Chris Frantz, Tina Weymouth e Jerry Harrison traziam o final da turnê do álbum “Speaking In Tongues”, de 1983, mas nem tudo saiu como planejado.

Em depoimento ao jornal The Guardian, a baixista disse que esse foi “o pior show de todos“, contando que eles atrasaram sua entrada pelo fato do vocalista ter deixado algumas garotas subirem antes para protestar, o que não foi bem recebido pela banda e pelo público. Se isso já não fosse suficiente, ela ainda conta que após tocarem apenas cinco músicas, Byrne abandonou o palco dizendo “eu não vou tocar para um bando de gente dançando na lama“.

Apesar desse episódio e de ter sido o último show do Talking Heads, além das duas breves reuniões, os nativos de Nova York ainda lançaram mais três álbuns e apenas encerraram oficialmente suas atividades em 1991.

A setlist da apresentação final foi aberta com a incrível “Psycho Killer”, sendo preenchida com muitas músicas do disco “Stop Making Sense”, faixas de projetos paralelos dos integrantes e um cover de “Take Me Back To The River” do Al Green.

A Nação da Música preparou uma playlist com todas as músicas tocadas no último show da história do Talking Heads.

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte Talking Heads, e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram.