Trilha Sonora: 23 músicas da minissérie “Por Trás de Seus Olhos”

Por Trás de Seus Olhos
Créditos: Netflix.
- PUBLICIDADE -
Bruno Martini

Na quarta-feira (17), estreou na Netflix a minissérie “Por Trás de Seus Olhos” (ou “Behind Her Eyes”, em inglês), baseada no livro homônimo da autora inglesa Sarah Pinborough. Ao longo de seis episódios acompanhamos Louise se envolver com seu chefe, David enquanto acidentalmente cria um laço de amizade com sua esposa Adele, sem que ele saiba.

- PUBLICIDADE -
Bruno Martini

A série é estrelada por Eve Hewson (“Papillon”), Simona Brown (“O Gerente da Noite”), Tom Bateman (“Assassinato no Expresso Oriente”), Robert Aramayo (“Animais Noturnos”), sob a direção do norueguês Erik Richter Strand e música composta por Rupert Gregson-Williams (“The Crown”).

- PUBLICIDADE -

A playlist contendo 23 faixas que fazem parte de “Por Trás de Seus Olhos” está depois do rodapé, junto com o trailer para que você possa se interessar pela narrativa e se surpreender tanto quanto eu com o final. Agora, vamos à algumas curiosidades/dados técnicos sobre algumas dessas canções!

- PUBLICIDADE -

“Never Forget You” traz o vocal marcante da vocalista Shingai Shoniwa, da banda Noisettes, e junto ao ritmo animado que dá tom à essa obra lembra algumas canções lançadas por volta dos anos 50, quando na verdade foi lançada em julho de 2009 e integra o segundo disco de estúdio deles, “Wild Young Hearts”. Ela também aparece na trilha sonora de “Doctor Who” e “One Tree Hill”.

- PUBLICIDADE -

Solomon Burke regravou a faixa “Cry To Me” em 1961, mas ela originalmente foi escrita pelo produtor Bert Berns, como parte integrante do disco “Rock ‘N Roll”. Talvez você a reconheça porque ela também já ganhou uma releitura do The Rolling Stones e apareceu em produções como “Lie To Me” e “The Wire”.

Há 10 anos atrás, Lykke Li lançou a faixa “I Know Places”, no compilado “Wounded Rhymes”. Em “Por Trás”, a faixa toca em um momento bastante sensível, o que combina bastante com a letra, na qual Li tenta reafirmar à pessoa amada que eles vão encontrar um local seguro onde estarão mais confortáveis e menos ansiosos.

- PUBLICIDADE -

A cantora londrina Eliza Shaddad fez sua releitura de “Don’t Let Me Be Misunderstood”, originalmente gravada por uma das vozes mais incríveis do blues, Nina Simone. A composição é de autoria dos compositores Bennie Benjamin, Sol Marcus e Horace Ott, foi lançada em 1964 como parte de “Broadway, Blues, Ballads”. Anteriormente, essa faixa foi interpretada por Elvis Costello, The Animals, Cindy Lauper, The Killers, entre outros.

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam ”Trilha, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.

- PUBLICIDADE -


Caso este player não carregue, por favor, tente acessa-lo clicando aqui.

Stephanie Hora
Jornalista, apaixonada por música, livros e cultura em geral.