Trilha Sonora: 44 músicas presentes na série “Loki”

Loki
Créditos: Reprodução/IMDB.
- PUBLICIDADE -
Raízes da Mamma
- PUBLICIDADE -
Meu Funeral

Nesta quarta-feira (14) chegou ao fim a primeira temporada da série “Loki”, que mostra as aventuras do deus nórdico interpretado pelo astro Tom Hiddleston (“Kong: A Ilha da Caveira”). E os fãs podem ficar tranquilos pois, a continuação já foi confirmada pelo Disney+.

- PUBLICIDADE -
Meu Funeral

A trama é ambientada em eventos ocorridos após o filme “Vingadores: Ultimato”. Após conseguir roubar o Tesserato dos heróis, o Deus da Trapaça tenta chegar até Midgard fazendo alguns saltos na linha do tempo que resultam em desordem na ordem natural das coisas, ligando o alerta da AVT (Autoridade de Variação do Tempo). Michael Waldron (“Rick And Morty”) assina a autoria da criação dessa produção.

- PUBLICIDADE -

Hiddleston está acompanhado por Owen Wilson (“Zoolander”), Gugu Mbatha-Raw (“Black Mirror”), Sophia Di Martino (“Yesterday”), Wunmi Mosaku (“Lovecraft Country”), Sasha Lane (“Utopia”), Eugene Cordero (“Grace & Frankie”) e Richard E. Grant (“Logan”). A trilha sonora original foi composta por Natalie Holt (“Vitória: A Vida de uma Rainha”).

- PUBLICIDADE -

Esse não é o primeiro spin-off baseado no Universo Cinematográfico da Marvel que é transmitido pela plataforma, anteriormente os fãs puderam conferir “Falcão e o Soldado Invernal” e “Wandavision”. Como de costume, você confere o trailer e a playlist que montamos após o rodapé!

- PUBLICIDADE -

“Hymne à l’Amour” foi composta pela cantora francesa Édith Piaf, com música de Marguerite Monnot. A faixa foi lançada em 1950, alguns meses após o acidente de avião no qual o boxeador Marcel Cerdan, por quem Piaf era apaixonada e com quem nutria um romance. O sucesso dessa obra é tão grande que Geoffrey Parsons a recriou em inlgês, intitulando-a como “If You Love Me (Really Love Me)”, que também aparece na trilha sonora na voz de Brenda Lee.

Hayley Kiyoko divulgou o single “Demons” para promover o disco “I’m Too Sensitive for This Shit”, sobre o qual se abriu um pouco em uma publicação feita no Instagram, em outubro de 2019. Por lá, a cantora declarou se encontrar constantemente descobrindo quem é enquanto batalha com novos demônios. “Talvez nós tenhamos um monstro dentro de nossas cabeças tentando nos distrair. Talvez estejamos sempre procurando por uma razão para fugir. Seja lá o que for, essa luta interna é o que nos torna seres complexos e especiais que merecem encontrar forças. E nós encontraremos”, relatou.

- PUBLICIDADE -

O mundo foi apresentado à Kylie Minogue em 1987, graças ao single “I Should Be So Lucky”, incluso em seu álbum de estreia, intitulado “Kylie”. Stock Aitken Waterman assina tanto a composição quanto a produção da canção. O sucesso foi tão grande que em 1988, ano no qual foi lançado o compilado, a música alcançou o quinto lugar na tabela australiana.

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Trilha Sonora, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.

- PUBLICIDADE -


Caso este player não carregue, por favor, tente acessa-lo clicando aqui. Se possível, siga nosso perfil no INSTAGRAM para acompanhar nossas novidades, clicando aqui.

Jornalista, apaixonada por música, livros e cultura em geral.