Resenha: “O Outro É Você” – OUTROEU (2020)

outroeu
Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -
Maneva
- PUBLICIDADE -
Maneva

O duo OUTROEU lançou, no último dia 4 de dezembro, o segundo álbum da carreira intitulado “O Outro É Você”. Com faixas inéditas e canções previamente lançadas, que se juntaram no último EP “Oceana”, o disco traz a essência dos artistas que se reinventam, mantendo sua linha musical.

- PUBLICIDADE -

O repertório de doze faixas traz participações de Melim e Ana Gabriela, artistas que se complementam e se assemelham no estilo musical do OUTROEU. Sobre o lançamento, o duo escreveu: “Esse álbum é um resumo de tudo que a gente fez até hoje. Do caminho que a gente tá trilhando na música, das coisas que a gente viu, viveu e foi aprendendo. Do nosso som e das canções também. Tudo que tava querendo sair, guardado e sendo escrito desde o nosso primeiro álbum até hoje. Com muito carinho.”

- PUBLICIDADE -

Músicas que falam direta ou indiretamente sobre amor e relacionamentos acabam tendo um significado diferente para cada pessoa que ouve, sendo aberto a interpretações. Adivinhar o que o compositor estava pensando na hora de escrever a canção é mais uma ilusão do que seu pensamento acha sobre você mesmo do que uma hipótese concreta. E as faixas de “O Outro É Você” trazem essa abertura para se relacionar com elas da forma que você sentir.

- PUBLICIDADE -

A primeira canção é “Pra Vida Inteira”, lançada originalmente em maio de 2020 e que representa explicitamente o viés do duo logo no início do disco. A composição é de Mike Tulio e Ana Caetano, das Anavitória, que são parceiros de diversas letras, inclusive ao longo do álbum. A música brinca com as palavras num sentimento de um amor forte, que une duas pessoas e a fazem “te esperar pra vida inteira”.

- PUBLICIDADE -
Maneva
- PUBLICIDADE -
Maneva

Em seguida, a inédita “Dança” traz o que o próprio título diz, uma canção dançante e alegre sendo, ao mesmo tempo, calma. Mesmo com a melodia mais agitada, alguns elementos ainda mantém a naturalidade marcante nas canções do duo. A letra de Lorena Chaves e Marcos Almeida fala sobre a saudade de momentos junto de alguém, mesmo que seja algo que talvez possa ter ficado para trás.

- PUBLICIDADE -

O clipe da faixa, lançado no mesmo dia do álbum, traz o exemplo claro de “dança” no ano de 2020: o TikTok. E claro que o duo também trouxe a sua coreografia para a música como mais um challenge do aplicativo num vídeo divertido.

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Canção de Amor” talvez seja a mais direta sobre um relacionamento, mesmo que o refrão force o pensamento de “Ah, me engane por favor / Que é uma canção de amor”. Com Ana Gabriela e Arthur Marques junto do duo na composição, a música fala sobre um amor que surge na espreita e você percebe como a outra pessoa está presente no seu pensamento.

O Mantra” faz parte também do EP “Oceana”, lançado anteriormente ao álbum. A melodia relembra o início da carreira do OUTROEU, como a época do reality show “Superstar” em que trouxe um maior sucesso ao duo. A letra calma que acompanha os acordes do violão com uma evolução que chega ao sentimento de “O amor vai me curar / O amor vem me encontrar”.

Na mesma temperatura, “A Tua e Eu” desacelera o já desacelerado do estilo do duo. Na pegada acústica, a faixa traz a “canção de amor (que ninguém enganou ninguém) com sentimentos expressos em forma de palavras e ações, que pode até levar a poética sexual.

- PUBLICIDADE -

Trazendo uma continuidade ao trajeto do álbum, “A Resposta” mostra a relação de um amor entre duas pessoas como se permeasse várias casas de um jogo de tabuleiro. “Ah, nem sei se vai ter fim / O começo tá em mim / E em você tem a resposta”. A composição do duo com cantor Rodrigo Melim fala sobre esse amor que se impregna de forma boa em todos os gestos e ações, unindo-se a uma melodia que acompanha o sentimento.

Se Perder”, em parceria com Ana Gabriela, tanto na voz como na composição, mostra como uma participação foi reformulada para uma junção dos artistas. A melodia e o conjunto de vozes traz essa mescla dos dois estilo, pois é possível perceber fortes marcas do estilo das canções de Ana Gabriela, que se mistura com os arranjos dos irmãos do OUTROEU, numa letra poética de como o amor faz a gente se entregar ao estar apaixonado.

- PUBLICIDADE -

A outra parceria do álbum acontece em “Oceana”, com o grupo Melim. A música lançada anteriormente com o EP homônimo traz uma leveza como um dia na praia, influência presente em outras canções do trio. Mesmo com o sentimento alegre da canção, a letra que é mais uma composição de Mike e Ana, pode ser interpretada de diferentes formas, como uma poética sexual.

Talvez a música mais calma do álbum, “Ce Sabe” inicia quase com sussurros e o dedilhado no violão que se encontram numa declaração das mais íntimas. Também composta apenas pelo duo, a letra tem um claro destinatário, mas que cada um tem o seu no seu pensamento. É aquela canção que você tenta relacionar a alguém, seja amorosamente ou não.

A faixa título do álbum “O Outro É Você” aparece como o grande encontro de duas pessoas numa relação, o momento que esclarece o real amor no relacionamento. “Perdi o medo de amar / Senti a chama arder / Me arrepiei de lembrar / Eu vi o sonho acontecer”, diz a letra. Sendo a canção que da nome ao disco, também é possível encarar como uma correlação ao nome do duo OUTROEU, em que a pessoa amada, o outro como eu, é você.

- PUBLICIDADE -

Quero Acordar” é aquele tipo de música que parece um grande desabafo jogado para fora de uma mente que já está lotada, com um ritmo mais acelerado e as vozes um pouco mais gritadas. A letra pode não seguir o caminho de relacionamentos amorosos, mas também uma descoberta de si mesmo, lidar com o que é ser você. “E foi só me entender / Tudo ficou claro / E eu nunca mais / Vou normalizar / Pois quando é noite, eu / Só faço Sol / E toda noite, eu / Quero acordar”.

A última faixa do álbum do duo OUTROEU” é “Milhões de Estrelas”, que traz a atmosfera de final de uma apresentação (saudades shows). A letra romântica no estilo do resto do álbum, porém com uma melodia que se diferencia da maioria, traz a poesia de como dois viram um num relacionamento, e a descoberta de como esse sentimento de moldou.

O segundo álbum do duo OUTROEU fortalece a identidade que os irmãos vêm criando, trazendo destaque à trajetória dos artistas. É perceptível como eles caminharam de um quase folk rock para algo mais pop, mantendo as influências da MPB, que já caracteriza o grupo desde quando se tornaram um duo.

- PUBLICIDADE -

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam OUTROEU, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.

- PUBLICIDADE -