MAR ABERTO: Saiba o significado das músicas do EP “Baseado em Amores Reais”

Mar Aberto
Reprodução / Capa
- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

A Nação da Música convidou o duo MAR ABERTO para contar um pouco sobre o significado e as inspirações entorno das faixas que estão presentes no seu último trabalho, o EP “Baseado em Amores Reais”.

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

Divulgado ao público no dia 11 de novembro através das plataformas de streaming – ouça pelo Spotify clicando aqui -, “Baseado em Amores Reais” veio acompanhado de um curta-metragem cinematrográfico que está disponível na Globoplay, e o EP em si chegou com seis canções gravadas em estúdio com distribuição da gravadora Universal Music Brasil.

- ANUNCIE AQUI -

A começar por “De Repente É”: “Essa música faz jus ao nome, porque realmente ela surgiu de repente. A gente tava ouvindo bastante bossa nova na época alí, coisas no violão de nylon, tudo bem que a gente gravou com violão de aço, mas a ideia era fazer algo que flertasse com a bossa e chegasse com um refrão um pouco mais pop, e isso com a produção acabou acontecendo e ficou bem legal”.

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -

Logo na sequência temos a segunda faixa que se chama “Vida A Dois”: “Nasceu em um dia de composição em grupo no parque do Ibirapuera [em São Paulo (SP)], onde a gente pensou assim ‘vamos fazer uma música, mas não para o MAR ABERTO, vamos fazer uma música meio Matheus e Kauan’, e com essa decisão a gente acabou tirando algumas travas e colocou palavras, expressões e brincadeiras que talvez dentro de um Universo MAR ABERTO a gente tivesse receio de usar”.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -

A terceira se chama “Paraíso” e o MAR ABERTO conta que se trata de uma composição que eles já haviam feito, e acabaram refazendo essa letra: “Estávamos viajando com alguns amigos e a sensação posterior era ‘pô, como era legal tá naquele lugar’, tipo, tinha cara de Paraíso e a gente não via hora para voltar pra isso. Aí ficou essa brincadeira, e nessa mesma época a gente tava ouvindo muito Ed Sheeran e se inspirando naquelas levadas dele, aí fizemos um flow ali na letra e saiu ‘Paraíso’ que ficou meio MAR ABERTO, meio Ed Sheeran, meio uma música sobre a casa, meio uma música sobre a viagem, uma mistura louca. A gente colocou o refrão, deu uma mudadinha e rolou”.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- PUBLICIDADE -

Na quarta canção temos a intitulada “Boa Companhia“, que surgiu de uma conversa na Academia onde o Thiago Mart esteve com um amigo que comentou sobre o relacionamento que estava no início: “E ele falou a seguinte frase, ‘Ela quer um companheiro. Eu só quero boa companhia’. Então ele [Thiago] levou isso para o nosso grupo de composição acompanhados de Melo, Sabrina, Bruna e aí surgiu ‘Boa Companhia’ que cada um tem uma interpretação, ela fala um pouco de um relacionamento aberto, talvez, tem gente que acha que é amizade, tem gente que acha que é amizade pós um relacionamento ou um começo de um relacionamento, vamos ver o que é isso para você. Escute, ‘Boa Companhia’”.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -

Penúltima do “Baseado em Amores Reais” da dupla MAR ABERTO, “Espaço Demais” é “A faixa mais densa, mais obscura do EP, ela fala sobre quando você termina um relacionamento, e você se força a esquecer aquela pessoa, e depois? Né, o que você faz consigo e com o tempo que você tem. Muita gente passa a pensar besteira, a fazer besteiras, se colocar em situações bizarras, então a música traz um pouco desse universo pesado”.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -

Última faixa presente, “Dois Caminhos” assim como a já citada “Paraíso”, veio inspirada de uma viajem: “A gente gosta de viajar e fazer música. A gente tinha viajado com um casal de amigos e alí de alguma maneira observou a situação que parecia que ia ruir, mas a música fala sobre isso, sobre quando você termina meio que sem ter certeza e fica aquela coisa que ‘pô, eu tentei ficar bem sozinho mas eu percebi que fico melhor com você, será que você quer voltar comigo? Será que não?’ e alí, no final do curta-metragem é a dúvida que paira no ar. Será? Será que eles voltaram?”.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -

No final de novembro nós conversamos com Gabriela Luz e Thiago Mart sobre esse trabalho, e a íntegra dessa conversa está disponível em vídeo através do player do YouTube ao final dessa publicação, ou acessando essa matéria aqui. Ouça “Baseado em Amores Reais” clicando aqui.

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam MAR ABERTO, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e sua família. Não se esqueça que a vacinação contra a COVID já está disponível em todo o Brasil. Aqueles que já receberam a 1ª e a 2ª dose, lembrem-se de tomar a dose complementar e mesmo após vacinação completa, é necessário seguir as medidas de cuidado necessárias para contermos o coronavírus. Cuide-se!

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

Graduado em Publicidade e Propaganda, Editor Chefe da NM, Fotógrafo de Shows, e devorador de CD's, Filmes e Séries.