Foto: Douglas Mendes

O Bayo lançou nessa terça-feira (16) o seu álbum de estreia, intitulado “Peixe”, em todas as plataformas digitais.

De Olodum a Björk como inspirações, “Peixe” traz uma mistura de samba-reggae com riffs de guitarra e timbres eletrônicos em suas sete canções autorais. O disco mais arretado que você já ouviu!

Formado por Graco e Nina Campos, o duo, que depois de anos fazendo parte de bandas como Inkoma, Scambo e Bailinho de Quinta, resolveu se dedicar ao projeto Bayo, a nova sensação baiana.

“Depois de alguns anos de pesquisa, o computador foi a plataforma que sustentou a construção desse álbum. É nele que fiquei horas editando, gravando e experimentando. Para humanizar o resultado, convidei o Japa System, do Baiana System, para gravar as percussões acústicas”, explica o vocalista, Graco.

“Acho importante dizer que, nas harmonias e melodias, tentamos manter a simplicidade. O nosso som chega com esse olhar de alguém que sempre transitou no universo alternativo, mas não deixou de sofrer as influências da rádio, do carnaval e das festas de largo. Falamos de uma Salvador litorânea, urbana e caótica, da qual nos interessamos e fazemos parte”, completa.

Deixe seu comentário no final dessa publicação, marque seus amigos que também curtem Bayo, acompanhe a nossa agenda de shows e a Nação da Música através do Twitter, Facebook, Instagram e Spotify. Muito obrigado pela visita e por ler essa matéria! Ouça o álbum “Peixe” abaixo:

- PUBLICIDADE -