Dulce María fala em coletiva sobre “Origen” e nova série na Netflix

Dulce María
Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -
Nação da Música

A cantora, compositora e atriz Dulce María convocou uma coletiva de imprensa na última terça-feira (27) para falar sobre seu mais recente trabalho.

- PUBLICIDADE -
Nação da Música

Com um projeto musical em andamento, a era que foi intitulada de “Origen”, a artista acaba de estrear também a segunda temporada da série “Falsa Identidad”, que chegou na plataforma da Netflix nesta quarta-feira, dia 28 de abril. Durante a conversa com os jornalistas, na qual a Nação da Música esteve presente, ela falou sobre os desafios enfrentados entre as duas carreiras.

- PUBLICIDADE -

Eu acredito que as duas sejam desafiadoras, depende do momento da minha vida em que eu esteja. A carreira de cantora é muito bonita, agora por causa da pandemia não, mas ela me permite estar muito perto das pessoas, ser quem eu sou e cantar. Isso é o que eu mais gosto, estar em um palco! O que acontece é que as turnês são muito desafiadoras, viajar e viver em um avião, ir de um lado para outro, não ter estabilidade, muitas noites sem dormir… Essa parte é desafiadora“, revelou.

- PUBLICIDADE -

A resposta da Dulce remete ao tema da música “Lo que ves no es lo que soy“, que foi lançada em novembro do ano passado e traz em sua letra um desabafo pessoal sobre a vida na estrada. Na ocasião, ela estava completando trinta anos de carreira, e a faixa ganhou também um videoclipe que faz uma sensível narrativa de sua história profissional.

- PUBLICIDADE -

Mãe de primeira viagem, Dulce falou sobre voltar a trabalhar depois da gravidez, durante a pandemia, deixando claro que vai continuar lançando músicas, mas que não tem planos de sequer começar a pensar em fazer turnê. “Eu amo a música! É algo que me apaixona e que me aproxima de vocês [fãs] de uma maneira na qual eu posso ser eu. E um personagem é algo muito interessante porque você empresta sua vida a um ‘ser’ que talvez seja muito diferente de você e que faz coisas que você nunca faria na vida real. As duas coisas me apaixonam“, declarou.

Além de compor parte majoritária das canções que grava, incluindo diversas faixas que foram interpretadas pelo RBD, Dulce María também é escritora e tem livro publicado. Durante a coletiva, ela falou sobre o processo de colocar seus sentimentos na arte e respondeu se já chegou a pensar em escrever ou produzir algum roteiro de série ou filme.

- PUBLICIDADE -

O que eu escrevi até agora são justamente emoções, sentimentos, pensamentos, experiências, reflexões, ou seja, são coisas da vida real. Não escrevi ficção. Então a verdade é que eu, sozinha, não me aventuraria a fazê-lo sozinha, mas por exemplo, se eu tiver alguma ideia de coisas que eu gostaria de empreender, de histórias ou algo assim, eu gostaria de me juntar a alguém que o fizesse com uma ideia minha. Eu dar ideias. Disso sim eu gostaria, escrever com alguém. Mas não agora, não é algo que planejo a curto prazo, mas algum dia talvez eu gostaria. Não é algo que descarto, mas não é algo que planeje fazer agora“, revelou.

A todo vapor em seus projetos, além de “Falsa Identidad” na Netflix, onde dá vida à personagem Victoria Lamas, Dulce María também tem uma comédia romântica pronta esperando para ser lançada na plataforma do Amazon Prime Video, porém ainda sem data de estreia prevista. Já em relação ao disco “Origen”, no qual ela está revisitando memórias e composições feitas ao longo dos anos, Dulce avisou que tem uma nova música prestes a ser lançada “muito em breve“.

- PUBLICIDADE -

Para quem a acompanha nas redes sociais, antes de cada lançamento Dulce faz uma enquete perguntando aos fãs qual canção eles preferem que ela libere a seguir, deixando nas mãos de seus seguidores o poder da decisão. Em sua última sondagem, “Sin Ti” e “Amigos con Derechos” estavam empatadas. Esse álbum será sucessor do “DM”, que chegou ao público no começo de 2017.

Sempre apegada aos brasileiros, ela mandou uma mensagem especial para o público daqui. “Muito obrigada por esse espaço e por sempre me apoiar, apoiar a minha bebê e os meus projetos, por demonstrar que o carinho que temos não termina apesar da distância, da pandemia, e de tudo que aconteceu. Acreditem, eu amo muito vocês e sinto muito a falta de vocês, espero poder voltar ao Brasil algum dia e poder voltar a vê-los, abraçá-los e compartilhar com vocês. Por agora, eu convido vocês para que assistam essa segunda temporada de ‘Falsa Identidad’ na Netflix, para que estejamos um pouquinho mais próximos, e os convido a escutar ‘Origen’, bom, minhas músicas na sua plataforma digital favorita“, disse.

- PUBLICIDADE -

Dulce María também aproveitou o espaço para mandar uma mensagem de esperança a todos. “Lhes mando muita luz, muita esperança, muito amor. Que Deus os abençoe e que sigamos aguentando. Ainda falta [muito pela frente], mas já vemos um pouquinho de luz no final do túnel dessa pandemia. Mando um abraço a todos, porque acredito que todos tivemos um ano difícil, de perdas de gente querida, de amigos e de muito medo. Lhes agradeço e mando muitos abraços, que isso chegue até o coração de vocês! Amo muito vocês. Muito obrigada por todo o apoio. Obrigada [em português]“, finalizou.

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Dulce María, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.

- PUBLICIDADE -
Katielly Valadão
Jornalista apaixonada por palavras, cultura e entretenimento.