Elza Soares completa 90 anos com história repleta de luta e música

Elza Soares
Divulgação
- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

Nesta terça-feira (23), Elza Soares, uma das maiores vozes da música brasileira, completa 90 anos de vida!

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

Nascida em 1930, Elza começou sua carreira artística em 1953 no programa de calouros de Ary Barroso na Rádio Tupi. Com apenas 13 anos e vinda de uma origem humilde, ela já era casada – por exigência do pai – e mãe de uma criança.

- ANUNCIE AQUI -

Naquele dia, as roupas simples da então menina foram alvo de uma piada do apresentador, que perguntou de onde ela vinha. Elza o respondeu, com lágrimas nos olhos: “do planeta fome!”

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -

Aos 21 anos, depois de já ter perdido dois filhos, a cantora ficou viúva. Sua história nada fácil continuou entre o sonho de ser artista e a necessidade de alimentar a família, como narrado na biografia “ELZA”, escrita por Zeca Camargo e lançada em 2018 (via editora LeYa): em 1959, ao entrar em estúdio para testes que acabariam na gravação da canção “Se Acaso Você Chegasse”, ela se deparou com uma mesa de café da manhã farta e pensou em pouco além da possibilidade de levar tudo aquilo para as crianças comerem.

Eleita cantora do milênio em 2000 pela rede britânica BBC, Elza Soares passou ainda por momentos turbulentos em sua vida pessoal por causa do seu relacionamento com o jogador Garrincha. Ela também precisou se exilar na Itália com o então marido e os filhos no fim dos anos 60, época em que o Brasil passava pela Ditadura Militar, após um ataque contra a sua casa no Rio de Janeiro.

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

Entre as glórias da sua carreira, estão turnês que passaram por vários países, sucessos como “Só Danço Samba” (1963), “Mulata Assanhada” (1965) e “Aquarela Brasileira” (1974) e os recentes álbuns “A Mulher do Fim do Mundo” (2015), “Deus é Mulher” (2018) e “Planeta Fome” (2019).

- PUBLICIDADE -

Sua história virou musical. Ela também foi contada no Carnaval deste ano pela escola Mocidade Independente de Padre Miguel, do Rio de Janeiro – assista ao desfile aqui.

A data especial também será lembrada pela cantora Pitty em uma live programada para às 20h dessa terça (23). A transmissão acontecerá às 20 horas (horário de Brasília) e contará com a participação de Larissa Luz e Zeca Camargo. Assista clicando aqui.

- ANUNCIE AQUI -

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Elza Soares, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

Jornalista e curadora não-profissional de playlists para toda ocasião.