Foto: Milena Rosado

Depois do sucesso de “Casa de Praia”, o músico Gabriel Elias se prepara para lançar o segundo volume, no dia 18 de outubro, e para aquecer os fãs para o trabalho, ele acaba de divulgar o vídeo de “Solstício de Verão”.

A faixa conta com a participação da banda amiga Maneva, com quem ele já fez colaboração na canção “Corre Pro Meu Mar”. 

Outra novidade para Gabriel é a participação no festival Rock in Rio! Ele se apresenta como headliner no palco Supernova no dia 29 de setembro. Além dele, quem toca no mesmo dia é 3030, Jade Baraldo, Lali e Dvicio.

A Nação da Música conversou com Gabriel Elias sobre o segundo volume de “Casa de Praia”, a parceria com os amigos da Maneva e, é claro, sobre as expectativas para o show no Rock in Rio.

Entrevista por Marina Moia.

—————————————- Leia a íntegra:
Oi, Gabriel! Tudo certinho? Nesta semana você lança uma parceria mega especial, com os seus amigos da Maneva. Como foi gravar essa faixa, “Solstício de Verão”, com eles?
Gabriel: “Solstício de Verão” é uma música muito especial pra mim, é uma composição minha com o Tiê [Castro]”, que é um grande parceiro e meu empresário, e gravar ela com o Maneva foi muito maneiro porque acho que tem muito do Maneva nela. É muito legal porque é uma música que eles sempre falaram, o Tales principalmente, sempre falava “Cara, essa é a sua melhor música, ela é a cara do maneva! Se você não gravar, um dia Maneva vai gravar!”. Ele sempre brincava assim e ele até já falou em algumas entrevistas, sobre qual música que ele não fez, mas que gostaria de ter feito. E ele já respondeu em algumas que era a “Solstício de Verão”. 

- PUBLICIDADE -

Quando a gente teve a ideia de fazer “Casa de Praia II” e ter “Solstício” nela, a gente sabia que tínhamos que ter os caras junto, que ia ser super especial esse momento, que seria muito maneiro. E foi bem isso que aconteceu!

E ela estará no projeto “Casa de Praia – Volume II”. Quando falei com você em fevereiro, você comentou que esse lançamento estava nos planos para 2019 mesmo. O que os fãs podem esperar deste segundo volume?
Gabriel: Olha, eu sou um pouco suspeito pra falar desse segundo volume. Mas o que eu posso falar é que está mais maneiro que o outro ainda. A gente teve um desafio muito grande que era superar o outro, que foi maior sucesso, e que funcionou tanto, ficou tão bonito tudo. A gente teve essa missão. Quando eu fui ver o resultado, eu falei “caramba, a gente conseguiu fazer algo mais legal ainda!”

A gente gravou cada um num pedaço da ilha, tem uma no barco… dando spoiler já aqui! Eu to apaixonado pelo projeto. E acho que o que eu espero é que a galera se apaixone também e se sinta com o pé na areia.

A primeira parte fez muito sucesso, com milhões de visualizações no YouTube. E não é diferente nas outras plataformas digitais e com seus outros lançamentos. Como é pra você lidar com essa repercussão, que é tão positiva, claro, mas que pode ser tão intensa?
Gabriel: É uma baita responsabilidade. Eu acho que todo o alcance, tudo que a gente fala, tudo que a gente canta, tendo esse alcance, a gente sempre tem que buscar levar algo de bom pras pessoas. Eu tento lidar com isso e acho que a gente sempre tenta dar o nosso melhor, se superar, e principalmente pensar que as palavras tem poder. Eu penso muito nisso. Que esses milhões de pessoas vão ouvir e o que elas ouvirem tem que ser algo que realmente toque o coração.

- PUBLICIDADE -

Sei que o foco agora é no volume II da “Casa de Praia”. Mas um novo disco de estúdio está nos planos também? Pode me contar algo sobre o que vem por aí num futuro álbum?
Gabriel: Ótima pergunta essa sobre os planos pro futuro. Já falamos aquela vez e chegamos no “Casa de Praia II” [risos]. E sim, a gente já tem vários sons já pré-produzidos. Só que ao invés de lançar um disco, a gente vai fazer algo inédito na nossa carreira agora. A gente vai começar a trabalhar por singles. A ideia é trabalhar sete singles num projeto e vim com um por mês, ainda estamos vendo essa questão de datas, mas o nosso planejamento é, passando o “Casa de Praia II” é já vir com algum desses sons novos. A gente está numa batalha pra decidir qual vai ser a primeira. Estamos muito felizes com todos. Acho que são alguns dos nossos melhores sons. Estou muito feliz e ansioso [risos].

Agora em setembro, você se apresenta no Rock in Rio! Como estão as expectativas para essa data? E o que podemos esperar da sua apresentação no palco Supernova?
Gabriel: As expectativas pro Rock in Rio são as melhores possíveis. Estamos super felizes, é um sonho, uma realização. Acho que carimba todo um projeto. Ficamos muito felizes mesmo e vem pra somar muito. 

O que a galera pode esperar pra essa apresentação é festival né, no festival não tem meia conversa. É papo reto. Se eu não me engano são 30 ou 40 minutos de show e vai ter os nossos maiores sucessos, nossas melhores canções de todos os trabalhos. Vai ser a maior energia lá em cima, todo mundo arrepiado de subir no palco e estar no Rock in Rio. É isso que a gente espera e é isso que vai rolar!

Tem algum nome do lineup do festival que você está ansioso para assistir? Qual?
Gabriel: Por coincidência, quem vai tocar no meu dia e que eu sou muito fã é a Jessie J. Sou muito fã do Dave Matthews, curto Goo Goo Dolls, Ivete [Sangalo]. Mas eu tinha comprado ingresso, antes de saber que ia tocar no Rock in Rio, pra ver o show do Bon Jovi aqui em São Paulo e aí caímos no mesmo dia dele! Foi muito irado. Vou ver dois shows do cara, então vai ser sensacional.

Gostaria de deixar um recado aos leitores da Nação da Música?
Gabriel: Quero agradecer todos os leitores e a vocês também por todo o espaço que vocês dão pra gente, pelo que vocês fazem pela música, as oportunidades. É demais! E pros leitores, pô, vejam o “Casa de Praia II”, se sintam com o pé na areia e é isso! Tamo junto! 

- PUBLICIDADE -
Deixe seu comentário no final dessa publicação, marque seus amigos que também curtem Gabriel Elias, acompanhe a nossa agenda de shows e a Nação da Música através do Twitter, Facebook, Instagram e Spotify. Muito obrigado pela visita e por ler essa matéria!