Entrevistamos Sean Paul sobre novo hit “Only Fanz” e parceria com Anitta

SEAN PAUL
Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -
MAR ABERTO

O cantor e produtor jamaicano Sean Paul revelou em agosto o novo hit da carreira, ao lado de Ty Dolla $ign, chamado “Only Fanz”, onde ele exalta as mulheres que trabalham na plataforma online de venda de conteúdo, como fotos e vídeos.

- PUBLICIDADE -
MAR ABERTO

A Nação da Música teve a oportunidade de entrevistar Sean Paul sobre a criação de “Only Fanz”, sobre a parceria que ele fez com a Anitta há alguns anos e também sobre o amor que ele sente pelo nosso país.

- PUBLICIDADE -

Entrevista por Marina Moia.
————————————- Assista à entrevista com legendas:

- PUBLICIDADE -

————————————- Leia a íntegra:
Você acabou de lançar “Only Fanz” com Ty Dolla $ign e você compôs essa música ao lado de muitos nomes. O que você pode nos contar sobre o processo criativo dessa música e sobre como foi trabalhar com Ty Dolla $ign?
Sean Paul: Primeiro de tudo, sou um grande fã do Ty, do background dele, da experiência que ele tem e eu amo as músicas que ele tem feito, então estou honrado de tê-lo nesta faixa. A gente estava no estúdio, isso antes do Ty entrar na faixa. Estávamos todos aqueles nomes que você mencionou, mas principalmente eu e Tarântula. Eu o chamo de Homem Aranha! É uma piada constante entre nós dois. A gente já compôs músicas antes. Uma pro Major Lazer e Diplo… Na verdade, já fizemos umas três ou quatros músicas que foram lançadas. Somos um time. Ele criou o gancho da música, alguns versos, e eu comecei a criar a música em si. A gente estava conversando sobre quão doido e ótimo é o fato de que as mulheres consigam nas últimas décadas finalmente fazer dinheiro com a internet. Não só com OnlyFans, mas com TikTok e Instagram também. A gente deu o nome de “OnlyFanz” pra dar um choque e chamar a atenção. Mas é uma vibe boa. É um aviso pros caras também. Ela não quer marido agora. Ela está sendo ela mesma. Ao mesmo tempo é uma música para empoderar as músicas, para os homens e para as festas também.

- PUBLICIDADE -

O videoclipe conta com muitas mulheres que são famosas na plataforma do OnlyFans. E tem mulheres de todas as formas, cores, tamanhos, o que é muito legal de ver num videoclipe deste alcance.
Sean Paul: É real né?! Muitas vezes, o reflexo que as pessoas estão vendo, não parece com elas mesmas. O normal… Não o normal, mas o natural pode ser muito sexy. É muito sexy! Sabe o que eu quero dizer? Ficou muito bom.

Como foi gravar o videoclipe e convidar essas mulheres para participar?
Sean Paul: Eu gravei a minha parte aqui em Kingston, então algumas mulheres estavam comigo. O restante gravou em Los Angeles porque eu não estou viajando no momento. Então a equipe de LA foi e fez a parte deles, com as meninas que trabalham por lá e elas chegaram cheia de atitude, muito legal. Porque é uma música que está falando delas, sabe? Eu queria apenas valorizar essas mulheres e relembrar que décadas atrás era muito difícil para elas se sustentarem. Elas só podiam ter a vida voltada para a família ou coisas do tipo. Agora elas podem seguir muitas carreiras graças aos talentos que elas têm. É por isso que as escolhi para essa música.

- PUBLICIDADE -

Sean, você já trabalhou com muitas pessoas e se eu fosse enumerar, eu ficaria aqui o dia inteiro. Tenho duas perguntas. Primeiro, teve alguma pessoa que você ficou muito chocado de conhecer? E a segunda é se tem alguém com quem você quer trabalhar no futuro e que você ainda não teve a chance.
Sean Paul: A primeira pergunta, deixa eu pensar… Foram duas pessoas. Para mim, Busta Rhymes foi sempre uma grande influência pessoal e quando eu o conheci, eu pude me apresentar com ele algumas vezes e fizemos algumas músicas juntos. Foi um sentimento incrível, sabe? O próximo foi uma música que eu fiz com o Carlos Santana. Sinceramente, não só eu fiquei abismado, mas a minha mãe também. Eu fiz música com todos esses nomes que você falou, sabe, Beyoncé, Keyshia Cole… Mas minha mãe sempre ficou “ok, legal”. Porém quando chegou a vez de fazer a música com o Carlos Santana, ela se transformou numa garota de 13 anos na minha frente. Eu estava com ele no telefone e disse “espera aí, Carlos, quero que você fale com a minha mãe!”. Ela pegou o telefone e ficou chocada. Eu nunca tinha visto isso antes! Por isso, eu digo o Carlos Santana. E por ele ser um músico incrível também. Eu nem acredito que eu pude fazer músicas com pessoas da geração dele, principalmente com ele.

Tem alguém com quem você queira fazer uma parceria no futuro? Sobrou alguém?
Sean Paul: Eu amo a Alicia Keys, acho que ela é linda, ela tem muita alma, o jeito que ela canta… Shakira também é alguém com quem eu sempre quis trabalhar. Eu também quero colaborar com a Billie Eilish, eu gosto da vibe dela. E a banda Twenty One Pilots! Meu filho tem 4, quase 5 anos, e gosta muito das músicas deles também. A gente sempre escuta muito. Seria um desafio para mim também, sabe?

- PUBLICIDADE -

Sei que você acabou de lançar “Only Fanz”, mas o que podemos esperar dos próximos lançamentos para o restante do ano?
Sean Paul: No começo do ano eu lancei um álbum chamado “Live N Livin” e foi de produção própria, com música mais hardcore dance jamaicana. Muitos artistas incríveis da Jamaica estão naquele álbum. São 16 faixas no total. Então agora estou no estúdio fazendo um álbum novo com nomes como Jr. Gong, que está no disco anterior. Mas Nicky Jam também está neste álbum com o Jr. Gong numa música. Deixa eu ver o que mais posso falar. Jada Kingdom da Jamaica também está no disco. Shenseea e Gwen Stefani juntas em uma das músicas. Tove Lo, Stylo G e a Sia! A gente tem uma música que chegou a Nº1 e essa agora se chama “Dynamite” e acho que vai ser um hit!

Estou me preparando para entrar em turnê, mas acho que vai ser apenas no começo do ano que vem. Porque eu só tomei uma dose da vacina até agora e eu quero estar 100% vacinado antes de viajar por aí. Sinceramente, eu tenho adorado o tempo no estúdio e com a família que eu estou tendo. Fiz um plano para dois anos e vou ter bastante música para poder entrar em turnê no ano que vem. Ano que vem eu com certeza quero fechar turnês e tentar ir ao Brasil!

- PUBLICIDADE -

Você já trabalhou com a Anitta, que é uma das maiores cantoras atualmente no nosso país. Então, você gosta de música brasileira, né? Gostaria de trabalhar com mais artistas brasileiros?
Sean Paul: Estou tentando entrar em contato com alguns artistas! Anitta é uma artista incrível. Eu acho que ela deveria ser conhecida no mundo inteiro. Isso já está acontecendo, mas eu acho que deveria ter sido muito mais rápido! Ela é muito talentosa, adoraria trabalhar com ela novamente, mas sei que tem muitos artistas talentosos no Brasil! Mas sim, amo a música, porém não fiz muita coisa além daquela com Major Lazer e… desculpa foi com o DJ Snake e a Anitta. Ansioso para fazer mais coisas! Amo o funk, amo o som, sabe, esse é o meu estilo!

Você já esteve no Brasil?
Sean Paul: Sim, eu fui em 2003, passei por quatro cidades. Florianópolis, Rio de Janeiro, Brasília e São Paulo. Eu me diverti muito! Faz muito tempo! Foi em 2003? É, foi em 2003! Já fazem muitos anos. Ansioso para voltar!

- PUBLICIDADE -

Os fãs então podem esperar por uma turnê aqui quando for seguro e possível novamente?
Sean Paul: Você disse primeiro! Estamos nos coçando pra voltar! Só precisamos ter um pouco de paciência agora. Precisamos saber com o que estamos lidando e nos livrar disso. E depois voltar à normalidade. Agora estamos no modo de sobrevivência, infelizmente. E a música nos ajuda a sobreviver, então estou produzindo música para ajudar as pessoas neste quesito. Depois deste período, será a hora de fazer turnês!

Por último, mas não menos importante, gostaria de mandar uma mensagem aos fãs brasileiros?
Sean Paul: Ao longo dos anos, tive um caso de amor com o meu povo brasileiro. Especialmente com as damas. Deus as abençoe! Vocês são todas lindas para mim. Muitas personalidades diferentes, formas e tipos de beleza diferentes que eu já vi não só no Brasil, mas ao redor do mundo. Eu sempre me diverti muito com o povo brasileiro. Estou ansioso para fazer turnê no Brasil novamente porque faz muito tempo que eu fui! Desde o começo dos anos 2000, quando a minha música estava começando a estourar. Estou devendo para vocês esse retorno. Eu ouvi da Anitta mesmo que eu ainda sou grande aí no Brasil. Então muito obrigado! Muito amor! Estarei aí em breve!

- PUBLICIDADE -

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Sean Paul, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.

Jornalista e apaixonada por música desde que se conhece por gente.