Rock In Rio: Green Day repete fórmula e agrada público

Green Day
Foto: @RafaelStrabelli / Nação da Música.
- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

O Green Day encerrou a noite de sexta-feira (09) do Rock In Rio, realizando um show de super animado que agradou toda a audiência, no Palco Mundo. A banda se apresentou logo após o Fall Out Boy.

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

Tanto no mundo virtual como no real, não faltaram brincadeiras sobre o fato do vocalista Billie Joe estar acordado durante o mês de setembro, como uma referência a faixa “Wake Me Up When September Ends”, uma das últimas a serem apresentadas pelos norte-americanos.

- ANUNCIE AQUI -

Mas, vamos voltar um pouquinho! A festa começou com a aparição de um coelho no palco e a execução tanto de “Bohemian Rhapsody”, quanto uma mescla de “Blitzkrieg Bop”, “I Love Rock & Roll”, “We Will Rock You” e “Also Sprach Zarathustra”.

- ANUNCIE AQUI -

Ao contrário de outras apresentações, era possível ouvir a banda independente do local em que você estivesse. O Green Day entrou em cena tocando o single “American Idiot”, faixa que dá nome ao sétimo disco de estúdio da carreira deles, lançado em 2004. Esse é, provavelmente, o projeto mais politizado deles.

- ANUNCIE AQUI -

Ao longo das quase 2 horas de show, foi possível testemunhas inúmeros acontecimentos, como um pedido de casamento, uma breve homenagem à Taylor Hawkins (Foo Fighters), fãs se unindo ao autores de “Know Your Enemy” e dividindo os holofotes com os ídolos, bem como manifestações contra o racismo, fascismo, sexismo e também em apoio à comunidade LGBTQIA+.

Sempre muito simpático e fofo, Billie Joe interagiu com a audiência diversas vezes, não demonstrando estar nem um pouco cansado nem mesmo quando a apresentação estava perto de chegar ao fim. Porém, não podemos dizer o mesmo do público.

- ANUNCIE AQUI -

Infelizmente, durante a releitura de “Shout” do The Isley Brothers, já era possível notar o cansaço do público, que começou a ir embora antes mesmo de ouvir “Jesus Of Suburbia” e a belíssima “Good Riddance (Time of Your Life)”. Embora não tenham sido mencionadas ao longo dessa resenha, eles também tocaram “21 Guns”“Minority”“Welcome To Paradise”“Basket Case”, entre várias outras.

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Green Day, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e sua família. Não se esqueça que a vacinação contra a COVID já está disponível em todo o Brasil. Aqueles que já receberam a 1ª e a 2ª dose, lembrem-se de tomar a dose complementar e mesmo após vacinação completa, é necessário seguir as medidas de cuidado necessárias para contermos o coronavírus. Cuide-se!

- PUBLICIDADE -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

Jornalista, apaixonada por música, livros e cultura em geral.