Paulo Miklos: “O que me levou para a música foi o fato de a gente poder fazer música juntos”

titãs

Na última quinta-feira (25), o Rafinha Bastos publicou, em seu YouTube, mais um vídeo do quadro “8 minutos”, que apresenta uma entrevista/conversa com algum famoso. Desta vez, foi o vocalista do Titãs, Paulo Miklos, o convidado. Nela, o músico falou sobre a banda e seus outros projetos paralelos.

“A banda está renascida, eu sou guitarrista da banda, e é uma coisa muito ligada à paixão de a gente estar no palco, ao repertório, que é o nosso patrimônio e que a gente divide com o público”., diz Miklos sobre ainda gostar de falar da sua banda depois de tanto tempo.

“A gente fez um show para uma galera que era abrindo pro Red Hot Chili Peppers que era uma galera que tinha 17 anos, então eles não tinham nem nascido, eles não tinham aquela conexão instantânea de você tocar um clássico -que você imagina que é um clássico do seu repertório- e os caras reagirem “Ah, eu já ouvi isso no som do meu pai”, não é nem do meu irmão maior […] é muito sensacional você ver se renovando o público”, lembra o vocalista.

Ainda sobre o Titãs, o guitarrista conta que “o que me levou para a música foi o fato de a gente poder fazer música juntos”, e que nunca gostou de criar música só para si mesmo.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook, e acompanhar as novidades de Titãs e da Nação da Música. Assista ao vídeo da entrevista:

COMPARTILHAR
Bárbara Araujo
Bárbara Araujo: Carioca que tem São Paulo como casa desde 2009, estuda Jornalismo e escreve para a Nação da Música desde 2014. Passa mais tempo ouvindo música e assistindo a vídeos de shows do que qualquer outra coisa. Ainda compra CD, ama pop-punk, cachorros e é facilmente encontrada em shows.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!