Na indústria da música, em especial no cenário pop, é muito comum um artista se ausentar por um longo período de tempo entre um trabalho e outro e ou acabar perdendo espaço no mercado musical, dada a fácil reciclagem e substituição de carreiras temporárias nos tempos atuais, ou acabar elevando a carreira para um outro patamar como foi o caso do Justin Timberlake no lançamento do “The 20/20 Experience”.

Após um longo período de pouco mais que 6 anos desde o lançamento de seu último álbum “FutureSex/LoveSounds”, Justin resolveu voltar ao cenário musical com uma imagem repaginada e amadurecida. O álbum que tem como carro-chefe “Suit & Tie” – colaboração do cantor com o rapper JAY Z – chegou às lojas com um novo conceito de produzir música, devido à produção do CD ser diferente de tudo o que já se tinha visto na indústria musical e, especialmente na carreira do Justin Timberlake.

O álbum foi um sucesso estrondoso, tanto comercial quanto na crítica, atingindo notas altas no Metacritic (site que coleta as notas e estrelas dos álbuns dadas pela mídia especializada e equaciona de acordo com cada peso para dar uma nota ao álbum que vai de 0 à 100) além de vender pouco mais do que 950mil cópias na sua semana de lançamento apenas nos Estados Unidos.

Melhor música: Os destaques do CD ficam por conta de “Spaceship Coupe” por possuir uma vibe bastante romântica e divertida, “Strawberry Bubblegum” por possuir um mix incrível de elementos chegando até a se referenciar nos nossos Samba e Bossa Nova e “Mirrors” por possuir uma letra bastante atrativa além de ter feito muito sucesso como segundo single do álbum.

Ponto Forte: O álbum possui uma característica bastante inovadora na construção das canções que faz com que uma mesma canção possua duas roupagens totalmente diferentes que poderia confundir qualquer um não fosse pela letra e essa versatilidade é pensada de uma maneira bastante cuidadosa para não perder a conexão entre as canções.

Ponto Fraco: As canções, em sua maioria, são muito extensas e isso torna o álbum muito cansativo no sentido de que 7 das 12 faixas possuem mais de 7 minutos cada, então demora pra ter uma rotação de faixas durante a audição.

- PUBLICIDADE -

Não deixe de curtir a nossa página no Facebook, e acompanhar as novidades da Nação da Música. Ouça o álbum “The 20/20 Experience”: