Sandy & Junior
Foto: Rafael Strabelli / Nação da Música.

A primeira noite de show de Sandy & Junior na capital paulista começou com direito a chuva, fogos de artificio e contagem regressiva repleta de vídeos da infância da dupla mais querida do Brasil.

“Nossa História” é uma das poucas turnês que vi o nome da turnê realmente significar a vibe que o show queria passar: uma viagem ao túnel do tempo com muitas memórias dos irmãos, mas, mais do que isso, a memória de todo o legado que eles construíram com os fãs.

A arena da Allianz Parque estava lotada, com 45 mil fãs que cantavam a letra de todas as músicas: não havia um momento em que o público ficou em silêncio. Muito pelo contrário, os fãs estavam tão ansiosos que assim que os primeiros acordes começavam eles já disparavam a cantar, ansiosos para relembrar momentos de quando criança.

A produção do show estava impecável, mostrando que cada detalhe foi realmente pensado com carinho. A paleta branca e preta do cenário, telões gigantes mostrando vídeos dos irmãos que foram gravados especialmente para serem passados com cada música além dos looks com bastante couro e uma referência mais puxada para o militar. Sem contar no jeito que o show começa: está tudo uma escuridão e, de repente, a luz acende e os dois estão juntinhos, em nossa frente, de mãos dadas. Não teve como segurar o coração nesse momento.

Como duas horas de show jamais seriam o suficiente para caber no repertório todos os sucessos de Sandy & Junior, tiveram dois momentos do qual eles mesclaram sucessos em forma de pout pourri: uma super agitada, com dançarinos e muito gingado, e o outra, mais calma e acústica e de forma bem íntima com Junior no violão.

Sandy & Junior
Foto: Rafael Strabelli / Nação da Música.

Além de reunir a banda das antigas para participar da nova turnê, os irmãos também incluíram um chat estilo WhatsApp da extinta série global “Sandy & Junior”, a qual seguia a vida deles quando no colégio. Teve mensagem de voz de Fernanda Paes Lemes e Paulo Vilhena, muitos gifs engraçados e vídeos de flashback da série. Êta história comprida essa!

- PUBLICIDADE -

O show abriu com a famosa “Tudo Pra Você” e terminou com chave de ouro com “Vâmo Pulá!” e várias bolas gigantescas que foram jogadas na plateia. Mas os maiores momentos da noite certamente foram durante “Inesquecível”, “A Lenda”, “Não Ter”, “Quando Você Passa (Turu Turu)” (feita em parceria com a Natura, que distribuiu balões em forma de coração na plateia para serem enchidos na hora da música) e “As Quatro Estações”.

Infelizmente, para os fãs mais antigos, não rolou a tão amada “Maria Chiquinha”. Mas teve “Dig-Dig-Joy”, “Disperdiçou”, músicas da carreira solo de Junior, além de um solo e bateria que arrasou, o deixando bastante emocionado com a resposta tão gostosa dos fãs.

Contar mais seria spoiler, então se você, que gostava da dupla quando criança está pensando se vale a pena ir ao show: vai fundo. Vindo de uma antiga fã que não entendia a animação dos amigos a cada menção da turnê, o show está emocionante, de arrepiar mesmo. A alegria de ver os dois irmãos emocionados por estarem tocando numa arena que recebe muitos dos maiores sucessos internacionais, fãs empolgados, chorando do começo ao fim, valeu cada minuto do show, incluindo a chuvinha no começo e todas as músicas que cantei que nunca imaginei que lembraria das letras.

Texto: Veronica Stodolnik.

- PUBLICIDADE -

Confira nossa galeria de fotos exclusivas desse show, tiradas através das lentes de Rafael Strabelli:

Sandy & Junior LimaFotos: @RafaelStrabelli / Nação da Música.TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.Sandy e Junior – São Paulo

Posted by Nação da Música on Sunday, August 25, 2019

Deixe seu comentário no final dessa publicação, marque seus amigos que também curtem Sandy & Junior, acompanhe a nossa agenda de shows e a Nação da Música através do Twitter, Facebook, Instagram e Spotify. Muito obrigado pela visita e por ler essa matéria!